terça-feira, 26 de maio de 2015

  •  
  •  
De acordo com os três adolescentes, eles receberam dinheiro para compra dos produtos.

De acordo com os três adolescentes, eles receberam dinheiro para compra de bebidas. - Arte: Maurício Araya / Imirante.com
ESTREITO – O homem identificado como Denilson Ribeiro dos Santos foi flagrado consumindo bebidas alcóolicas com três adolescentes em uma casa, localizada na cidade de Estreito.
Depois de todos serem conduzidos para a delegacia, os menores afirmaram, segundo a polícia, que o preso deu dinheiro para que elas comprassem as bebidas para consumo.

Com base na nova Lei do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que criminaliza o fornecimento de bebidas alcóolicas para menores de idade, Denilson foi autuado pelo delegado em flagrante. Ele deve responder, também, pelo crime de corrupção de menores.

O preso, que já tinha outras passagens pela polícia, ficará à disposição da Justiça na cidade de Porto Franco.

Roberto Costa diz que não dá legenda a Ricardo Murad e Andrea reage


andrea_robertoUma nova crise está aberta no PMDB depois de o Blog do Gilberto Léda revelar que o ex-deputado Ricardo Murad (PMDB) tem intersse em disputar a Prefeitura de São Luís (reveja).

Horas depois da postagem, o presidente municipal da legenda, deputado estadual Roberto Costa, informou a jornalistas que não dará legenda ao colega de partido. Mandou-o procurar o PTN para conseguir candidatar-se – o que é uma das possibilidades.

Agora à noite, a deputada Andrea Murad (PMDB) reagiu ao posicionamento do presidente.
“Roberto Costa precisa respeitar a trajetória política dos membros do seu partido, a representatividade, a força política, além de ter que percorrer um longo caminho para falar de igual para igual com Ricardo Murad”, disse.

A parlamentar classificou de imaturo o colega de partido.

“Independentemente da candidatura de Ricardo Murad, ele [Roberto Costa] deveria saber que qualquer liderança desse porte é importante para o partido, um bom político sabe disso, mas a imaturidade do deputado Roberto o deixa cego. Além do quê o partido não é dele. Com atitudes assim, só demonstra não ter capacidade de agregar, de unir, de intermediar, de equilibrar, de resolver, ou seja, impossível ser liderança. A própria declaração dele demonstra isso. Jamais vi esse tipo de declaração sair de um presidente de partido”, completou.

Ela defendeu que o presidente do PMDB na capital expressasse sua opinião internamente, não através da mídia.

“Expressar sua opinião internamente seria o mais natural. Ele deveria ter essa mesma coragem para informar ao presidente [José] Sarney, a ex-governadora Roseana [Sarney] e os senadores [Edison] Lobão e Lobão Filho para onde ele deseja levar, oficialmente, o partido, porque individualmente a sua posição todos já sabemos qual é. Líder de partido não pode ter esse tipo de postura desagregadora. A demonstração disso foi a reunião efetuada com os membros do PMDB que só aconteceu com a garantia da ausência dele”, finalizou.

Governo acaba com o Viva Luz, programa que beneficiava 30 mil famílias


viva_luz 
O deputado estadual Edilázio Júnior (PV) denunciou ontem (25), em discurso na Assembleia Legislativa, que o Governo do Estado acabou com programa Viva Luz, por meio do decreto 30.701/2015, assinado pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

O programa – criado pela ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) – beneficiava pelo menos 30 mil famílias no Maranhão subsidiando a conta de energia elétrica de residências onde o consumo registrado era de até 50 kwh/mês.

Para o parlamentar, a decisão do governador demonstra “falta de sensibilidade”.
“Um dos primeiros atos do governador foi extinguir o programa e numa canetada só, deixar desassistidos mais de 150 mil pessoas. São agora mais de 150 mil maranhenses, dentro dessas 30 mil famílias, que vão ter de pagar as suas contas de luz, que até então eram quitadas pelo Governo. ”, afirmou.

edilazio
De acordo com Edilázio, não há justificativa para a decisão tomada por Flávio Dino. “O programa custava muito pouco para o Governo, cerca de R$ 30 a R$ 40 por família assistida. Esse dinheiro, tenho absoluta certeza, irrisório para o Governo, fará falta para o assalariado, para que aquele que vive de um salário mínimo do programa Bolsa Família”, disse.

Edilázio lembrou ainda que pelo fato de a Cemar não ter sido comunicada da extinção do programa por meio do Decreto em tempo hábil, a decisão do governador acabou também onerando o consumidor, que agora terá de pagar pelo menos duas faturas já vencidas.

“Flávio Dino sequer comunicou a Cemar que iria findar esse programa social. A Cemar não sabia do decreto, não acompanhou o jurídico, enfim, não acompanhou a publicação. Ou seja, as famílias, que também não sabiam da decisão, já terão de pagar esse mês e se não tiverem o dinheiro, porque não haviam programado isso no orçamento, terão cortes na energia. É um prejuízo imenso para a população carente do nosso estado”, finalizou.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

MP recomenda que Prefeitura de Bacabal aplique verbas corretamente

Recomendação pede aplicação correta de recurso da saúde.
Documento é assinado pelo Ministério Público Estadual e pelo Federal.

Do G1 MA
A Prefeitura de Bacabal, no Maranhão, recebeu recomendação solicitando os recursos investidos nos atendimentos de saúde prestados na atenção básica de saúde no que diz respeito às ações da Estratégia Saúde da Família, Saúde Bucal e Agentes Comunitários de Saúde. O documento é assinado pelos Ministério Público Federal no Maranhão (MPF-MA) e Ministério Público Estadual do Maranhão (MPE-MA). A informação foi divulgada nesta quinta-feira (21).

De acordo com o MP-MA, a medida é resultado de inquérito civil de 2010 instaurado pela Procuradoria da República em Bacabal para apurar possíveis "irregularidades na Secretaria Municipal de Saúde de Bacabal, verificadas em inspeções realizadas pelo Departamento Nacional de Auditoria do SUS (Denasus), entre junho e julho de 2013".

Os objetivos são a atualização dos dados inscritos no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (Cnes), quanto às instalações físicas, aos profissionais e equipamentos disponibilizados à população, além de correções nas irregularidades constatadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).
Também foi recomendado o cumprimento da carga horária pelos profissionais médicos, enfermeiros e odontólogos que integram as equipes da Estratégia de Saúde da Família e de Saúde Bucal, providenciando livros de ponto e folha de frequência.

Medidas

A divulgação da regularidade deverá ser feita no site da Prefeitura de Bacabal, em quadros de avisos nas salas de recepção das unidades de saúde, disponível para a população em geral. Terá que conter nesta divulgação, a escala dos profissionais, por especialidade e com indicação do horário de início e fim do expediente, para cada mês, em cada unidade que integre a rede municipal de saúde.
A Prefeitura deverá, também, dispor em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de necessário mobiliário, equipamentos, instrumentos, insumos e medicamentos imprescindíveis ao desenvolvimento do trabalho das equipes do Saúde em Família, promovendo as devidas correções nas UBS de Vila nova, Brejinho, Vila Coelho Dias, Setúbal, Trizidela, Juçaral, Areal e Vila São João.
Além disso, com relação aos equipamentos odontológicos e à infraestrutura, o mesmo deve ser feito em todas as Unidades de Saúde Bucal, especialmente nas equipes 04 Vila São João, 08 Santos Dumont, 05 Trizidela, 07 Vila Coelho Dias, 10 Setúbal, 11 Brejinho, 12 Bela Vista, 14 Vila Nova e 18 Juçaral.

E ainda, deverá ser promovido a reabertura plena da UBS Inireu A. Nogueira, comprovando o funcionamento das duas equipes de Saúde de Família e da Saúde Bucal, bem como o controle da execução dos serviços prestados através do deslocamento com veículos.

A identificação precisará ser completa e individualizada, com registro de saída, entrada, uso e quilometragem dos automóveis e motocicletas utilizados exclusivamente nas ações e serviços de saúde de acordo com o plano de saúde aprovado pelo município.

Em caso de descumprimento da recomendação, o MPF/MA e o MPE/MA atuarão na rápida responsabilização dos infratores, com ações penais e de improbidade administrativa cabíveis, sem prejuízo da provocação de outros órgão federias ou estaduais, como a Controladoria-Geral da União, o Tribunal de Contas da União, a Receita Federal e Contas ao Tribunal de Contas do Estado.

A reunião para apresentação dos resultados do acolhimento da recomendação, será em 25 de junho de 2015, na sede da Procuradoria da República em Bacabal, com a presença do Secretário Municipal de Saúde do município.

Acusado de matar vereador de Santa Luzia do Tide é preso

Osmar Pereira Alves foi preso na noite de ontem em Conceição do Lago Açu e já se encontra em São Luís na sede da Seic

DETENÇÃO
22/05/2015 - 06h56 - Atualizado em 22/05/2015 - 08h49
O Imparcial
Osmar Alves Pereira
O acusado do homicídio que vitimou um vereador em Santa Luzia do Tide, identificado por Osmar Alves Pereira, foi preso na noite de ontem, 21, em um povoado localizado no município de Conceição do Lago Açu. Ele ainda tentou fugir pelos fundos da casa onde estava escondido, mas foi capturado pela polícia.
 
Osmar Alves Pereira foi conduzido no início da manhã de hoje, 22, à sede da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), em São Luís. O delegado Carlos Alessandro que é responsável pelas investigações na capital, apresentará o caso à imprensa ainda pela manhã.
 
Segundo informações, o suspeito usava o nome falso de Leandro Santos Silva e cumpria pena no Centro de Triagem de Pedrinhas pelo crime de homicídio e recebeu, quinze dias antes do delito, um alvará de soltura da Justiça.
 
Ainda ontem, a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Santa Luzia do Tide, havia identificado, através de investigações, Osmar Pereira Alves como suspeito do homicídio que vitimou o vereador Cícero Ferreira da Silva.
 
Após as oitivas realizadas, a Polícia Civil solicitou juntamente ao Poder Judiciário o mandado de prisão temporária em desfavor do suspeito do crime expedido então pela juíza Marcelle Adriane Farias, titular da Comarca de Santa Luzia.

Deputado pede asfaltamento de Barra do Corda a São Raimundo do Doca Bezerra



O deputado Rigo Teles (PV) protocolou indicação na Assembleia Legislativa, pedindo que o governador Flávio Dino determine que o secretário de Infraestrutura, Clayton Nolêto, adote as providências necessárias para concluir o asfaltamento da MA-012, no trecho da BR-226 que vai de Barra do Corda ao município de São Raimundo do Doca Bezerra, com extensão de 54 KM.

Deputado Rigo Teles.
Deputado Rigo Teles.

No documento, o deputado Rigo Teles esclarece que o referido trecho da MA-012 interliga dois importantes municípios, oferece melhores condições de ir e vir para a população, e também garante o escoamento da produção agrícola da região Centro Sul do Maranhão para as demais regiões do Estado e do País.

O parlamentar informou que a MA-012, no trecho de São Raimundo do Doca Bezerra a Esperantinópolis, com extensão de 50 KM, já foi pavimentado. Para Rigo, o atendimento ao pleito com o asfaltamento da MA-012, de Barra do Corda a São Raimundo do Doca Bezerra, irá beneficiar vários povoados da região.

Com a conclusão do asfaltamento da MA-012, serão beneficiadas mais de 30 mil pessoas pessoa dos povoados Barro Branco, Centro dos Ramos, Capim, Cajazeiras I, Cajazeiras II, Sumauma, Centro do Barroso, Cacau, São José do Mearim, Desejo, Ipiranga, e outros da região do Município de Barra do Corda.

PEDIDO DA CÂMARA

Em pronunciamento na tribuna da Assembleia, o deputado Rigo Teles ressaltou que a conclusão do asfaltamento da MA-012 – no trecho da BR- 226 que vai de Barra do Corda ao Município de São Raimundo do Doca Bezerra, com extensão de 54 KM – é uma luta antiga, pois já foi objeto da indicação 027/15, de 06 de fevereiro de 2015.

Recentemente Rigo Teles recebeu nova reivindicação para conclusão do asfaltamento da MA-012, vinda da Câmara Municipal de Barra do Corda, por meio do requerimento de autoria do vereador Doracy Nogueira (PTdoB), subscrito por todos os seus pares com assento no Legislativo de Barra do Corda .

Do Blog do Neto Ferreira

OS PIRATAS: Da terra dos índios explorando nossa bacaba



A instalação de uma emissora de TV repetidora / retransmissora em qualquer cidade do Brasil, depende de um complexo projeto elaborado por um engenheiro da comunicação. O projeto é realizado calculando interferências, refletidas e analisando os mais criteriosos dados técnicos, para a partir daí dá entrada em um processo licitatório, participando com outros interessados no canal disponível, para que após o vencimento da concorrência, se tenha em mãos a outorga e/ou autorização do Ministério das Comunicações, para que possa ir ao ar, uma emissora RTV legalizada! 
Caso esse processo que dura em torno de 1 a 10 anos não ocorra, é bem provável que a emissora seja ilegal, ou popularmente chamada de PIRATA. 
Afinal, os serviços de radiodifusão sonora e de sons e imagens, nos termos da Constituição Federal, devem ser explorados por meio de outorgas de concessão, permissão e autorização. O advento da Carta de 1988 trouxe sensível evolução da disciplina constitucional dessas outorgas, ante um contexto histórico de uso com fins políticos e econômicos, dissociados de sua relevância social e cultural.

Vejamos então, em uma breve pesquisa, que qualquer cidadão pode fazer no site da agência nacional de telecomunicações (ANATEL), para tirar dúvidas de quais emissoras são legalizadas ou PIRATA em Bacabal, constatamos apenas cinco emissoras enquadradas no plano básico RTV, são elas a TV Difusora, TV Mearim, TV Maranhão Central (Mirante), TV Vale do Farinha (Nova Esperança) e TV Independente de São José do Rio Preto (Rede Vida).


ENTÃO, TEM PIRATA NA ÁREA!
 
Os piratas, que não são do caribe, nem utilizam o tapa olho dos originais, já tentaram de todas as formas emplacar na opinião pública, e serem aceitos ou reconhecidos pela grande massa da sociedade da terra da bacaba, mas até agora todas as tentativas foram sem sucesso, tudo que fazem e falam se descredibiliza por si só. 

LOIRO JOSÉ DA TV PIRATA
Ninguém acredita, e nem confia. E isso, gera incômodo, desconforto e muita ira... Como todas as tentativas em outras emissoras de TVs deram errado, para os integrantes da tribo indígena conseguirem o seu objetivo na nossa terra, resolveram então, por no ar, uma emissora de Tv local (PIRATA) "só deles", deram luz ao "Loiro José de Bacabal" e até colocaram pra rodar a roda quadrada, que saiu da moda a muitos anos trás.

Mas até agora nada de mídia, nada de audiência, muito menos de credibilidade do público. 
Não tem adiantado nem atacar o comércio local, denegrindo e falando mal das emissoras legalizadas da cidade, com propostas de propaganda publicitária de R$100 com direito a 30 chamadas por dia. 
NEM ASSIM... Isso porque a até a luz da TV pirata foi cortada na semana que passou.


Esperamos que as autoridades competentes tomem providências, pois além de ser concorrência desleal na pratica comercial da atividade RTV, a emissora tem colocado em risco a vida de moradores vizinhos, pois como se trata de uma TV pirata, colocada no ar sem critérios técnicos pode está emitindo radiação prejudicial a saúde humana.
 
Do Blog do Israel Braga

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Escândalo! Márcio Jerry paga diária para assessor envolvido no crime de agiotagem

Por Luís Pablo Política
 
Secretário Márcio Jerry
Secretário Márcio Jerry

É bastante delicada a situação do secretário de Articulação Política, Márcio Jerry, após a descoberta de um cheque do seu assessor dentro do cofre do agiota Josival Cavalcante da Silva, o Pacovan.Jerry usou sua rede social para falar que não tinha conhecimento do envolvimento do seu funcionário com Pacovan. “Imagina só se eu teria a capacidade de adivinhar que um funcionário teria um cheque de 5 mil na mão de um agiota”.

Ocorre que o assessor de Márcio Jerry, foi um dos privilegiados na relação de pagamento de diárias da sua pasta.

No Portal da Transparência consta o nome de José Wellington da Silva Leite, como um dos funcionários da Secretaria de Articulação Política que recebeu o benefício.

O pior é que o Blog do Luis Pablo apurou que não há nenhuma justificativa para o filho da ex-prefeita de Vargem Grande ter recebido a diária. Dizem, inclusive, que foi determinação de Jerry aumentar o recebimento das lideranças políticas que estão abrigadas na sua secretaria, através das diárias.

Como Márcio Jerry pode explicar mais essa bronca!?

Parecer do deputado Roberto Costa aprova criação de três mil vagas na rede estadual de Ensino

Na manhã desta quarta-feira, 20, durante a reunião da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, foi aprovado o Parecer do deputado Roberto Costa (PMDB), que também é presidente da Comissão, sobre o Relatório de Projeto do Governo, que autoriza a realização de concurso público para professor na rede estadual de ensino. A aprovação garante três mil vagas e atende uma das maiores reivindicações da população no estado. A carência de professores na capital e interior representa atualmente a maior demanda da educação no Maranhão. Além do deputado Roberto Costa, assinaram a aprovação, os deputados Fernando Furtado (PCDOB), Rigo Teles(PV), Wellington do Curso(PPS) e Antonio Pereira (DEM).

A aprovação garante professores efetivados e melhorias na educação, uma vez que a substituição de professores contratados por efetivos garante a continuidade das aulas sem interrupção. "A rede precisa de professores efetivados, a atual política do estado vem priorizando as contratações, mas o professor contratado, além de ganhar menos que o efetivo, toda vez que necessita de contratação é necessário fazer um novo seletivo, atrasando o início das aulas e atrapalhando diretamente a qualidade de ensino no Maranhão", destacou Roberto Costa.

Polícia encontra arsenal em Santa Inês…


IMG-20150521-WA0021-480x640
Na noite de ontem(20), uma operação das policias civil e militar, na cidade de Santa Inês já resultou na prisões de diversas pessoas e apreensão de várias armas de fogo, armas branca, drogas e munições. O arsenal foi descoberto em uma residência no centro da cidade. Foram apreendidos oito revólveres, uma pistola 765, 27 espingardas de diversos calibres, 26 carcaças de revólveres de vários calibres, 21 munições de calibre 380, 11 munições de calibre 32, 12 munições de calibre 38, quatro munições de calibre 44, oito munições de pistola 6.35, 12 munições de calibre 22, 41 cartuchos de espingarda calibre 20 e 33 cartuchos de espingarda calibre 32.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

BANDIDO BACABALENSE MORRE EM CONFRONTO COM A POLICIA

Assaltante perigoso  temido ate por policiais devido ter assassinado em Bacabal um agente lotado no primeiro distrito. Aldomir Macedo  o Maninho foi morto a tiros em confronto com policiais de Araguaina  fato este publicado através do portal Gilberto silva. Em Bacabal  Maninho começou cedo ainda menor mais demonstrando crueldade na pratica de delitos que mais tarde tornaria um dos mais temidos. Atualmente era foragido da justiça maranhense.

Um morre e outros dois são detidos após tentativa de roubo à residência em Araguaína

. - Portal Gilberto Silva || 20 de Maio de 2015 às 08h37


Fotos: Cisquinho
O início da noite desta terça-feira (19), foi bastante agitada para a polícia militar em Araguaína. Uma tentativa de roubo termina em morte, prisão e detenção, após uma troca de tiros no bairro Senador.

De acordo com informações, três marginais, sendo eles; dois homens e uma adolescente de 17 anos, invadiram a casa de uma vendedora de jóias no bairro Senador e fizeram três pessoas como reféns, trancando as vítimas  dentro de um banheiro no porão da residência.

Ainda de acordo com informações, os elementos procuravam objetos de valor, mas foram surpreendidos com a chegada da polícia militar, frustando à ação criminosa dos bandidos. Daí por diante, uma tentativa de negociação foi realizada pela PM, mas não houve acordo e então começou uma troca de tiros entre a polícia e os meliantes.

Os elementos ficaram encurralados e pularam o muro da casa, mas não tiveram êxito com a fuga. Um dos elementos, Antônio Ramos Lima, de 32 anos, foi baleado, socorrido pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e faleceu no Hospital Regional de Araguaína. O outro assaltante que ainda não teve o nome divulgado, foi preso com dois revólveres 38 e levado para a CPPA (Casa de Prisão Provisória de Araguaína). A menor de 17 anos, será entregue ao Juizado especial da Infância e Juventude.
 
 
 
Felizmente, todas as vítimas do acontecido sofreram apenas um "grande susto", causado pelos meliantes.

O corpo de Antônio Ramos foi encaminhado o Instituto Médico Legal (IML) da cidade e aguarda familiares para a reclamação do corpo.

Mãe que postou vídeo sufocando bebê é transferida para Balsas

  •  
  •  
Andressa tentou sufocar a própria filha de seis meses com uma fralda.

Andressa Freitas de Sousa, de 20 anos, pressionou o rosto da filha de seis meses com uma fralda de pano. (Foto: Divulgação/ Imirante Imperatriz)
BALSAS - Andressa Freitas de Sousa, de 20 anos, a mãe que pressionou o rosto da filha bebê de seis meses com uma fralda de pano, foi conduzida na tarde dessa terça-feira (19), para a 11º Delegacia Regional de Policia Civil Balsas.

A mulher é moradora de São Raimundo das Mangabeiras e foi presa em flagrante depois de gravar um vídeo cruel no WhatsApp e num Portal, em que aparece tentando sufocar a própria filha com uma fralda. A suspeita prestou depoimento ao delegado David Noleto, após interrogatório do delegado, a suspeita foi indiciada pelo crime da lei de tortura que tem pena de reclusão de 2 a 8 anos. Andressa ficará presa em Balsas, enquanto aguarda decisão da Justiça.

Foto: Divulgação.
Entenda o caso

No vídeo, divulgado por Andressa, ela pressiona o rosto da criança com uma fralda de pano, fazendo a bebê chorar. Também chegou à polícia uma imagem das mensagens trocadas pelo pai da criança e a mulher, que diz que a menina a “atrapalha em tudo".

Foto: Divulgação.
Andressa confessou à polícia, por telefone, que fez o vídeo, no último domingo (17), para tentar atingir o ex-companheiro, que não dava assistência à criança. Ela chegou a alegar que estava brincando.

Na manhã dessa terça-feira, foi descoberto que a mulher estava em São Raimundo das Mangabeiras (MA). Ela foi presa, e a criança ficou sob a responsabilidade da avó.
Já o pai da criança, de acordo com o delegado, havia sido preso por duas vezes em Uruçuí e Balsas (MA), por adulteração de chassi de veículos e receptação de produtos roubados. Andressa pode responder por tentativa de homicídio e maus-tratos, ainda, segundo delegado, e pode perder a guarda da filha.

Título concedido a Flávio Dino é ilegal


Publicada em 20/05/2015 às 09:06:33
 
Um Título de Cidadania concedido ao governador Flávio Dino, além de ilegítimo está eivado de ilegalidades.

Uma matéria que causou polêmica e terminou por manchar ainda mais a combalida imagem dos vereadores da cidade de Bacabal foi a concessão do Título de Cidadania ao governador Flávio Dino. A proposta foi apresentada pelo vereador Florêncio Neto (PHS), filho do deputado estadual Carlinhos Florêncio, também do PHS.

Faltou quórum legal 

A Câmara é composta por 17 vereadores. Diz o Regimento Interno no artigo 159, inciso VII que o quorum para votação desse tipo de matéria deve ser por dois terços dos vereadores. Quórum é a quantidade mínima obrigatória de membros para tomar uma decisão. No ato da votação só havia em plenário 9 vereadores. O vereador Manoel da Concórdia, por ser o Presidente, não votou. Não foi votada por dois terços dos vereadores.

Além disso, estabelece o Regimento Interno, no artigo 168, que “ A votação será nominal nos casos em que seja exigido o quórum de maioria absoluta e dois terços...”. Votação nominal é aquela em que cada vereador é chamado pelo nome e declara seu voto. Não foi o que aconteceu.

Onde estavam os demais vereadores ?

Se somente 9 vereadores estavam em plenário no momento da votação, onde estavam os demais? Dois edis faltaram no dia: Peregrino Dias e Edivan Brandão. Na hora que o projeto ia ser posto em votação, seis vereadores se retiraram do plenário: Melquíades Neto, Serafim Reis, Professor Maninho, Erivelton Martins, José Teles e Natália Duda.

Dois foram ao banheiro, outros dois foram tomar cafezinho, outro vereador foi conversar com populares na porta da Câmara e um outro foi visto falando ao telefone com o senador João Alberto.
Lógico está que esses vereadores não se abstiveram de votar. A abstenção do parlamentar em votação deve ser expressa. Eles simplesmente abandonaram o plenário porque não queriam votar, nem pelo “sim”, nem pelo “não” e nem pela “abstenção”. Não permitiram a existência do quórum para aprovação da matéria que mesmo assim foi considerada “aprovada”.

Além da ilegalidade, a ilegitimidade.


A ilegalidade formal está bem clara. Os vereadores simplesmente rasgaram o Regimento Interno da Câmara no afã de tornarem Flávio Dino um “Cidadão Bacabalense”.
A falta de legitimidade se dá pelo fato de não haver argumentos sensatos para a concessão da honraria. O governador Flávio Dino não protagonizou até o momento nenhuma ação de destaque na cidade e alguns setores são até instados a criticarem (releia aqui). Por isso mesmo a proposta repercutiu de forma tão negativa e o que é para ser um prêmio a quem tem relevantes serviços prestados, soou como um expediente bajulativo para forçar uma aproximação com o Governo.

Do Blog do Louremar Alves

terça-feira, 12 de maio de 2015

Quatro presos fogem da CCPJ, em Imperatriz

  •  
  •  
A fuga foi registrada na madrugada dessa segunda.

Os fugitivos sao João de Deus, Antoniel, Francisco, e Marcio. - Divulgação
IMPERATRIZ – Quatro detentos conseguiram fugir da Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz (UPRI), antiga CCPJ, em Imperatriz. A fuga, segundo a direção da Unidade, foi registrada na madrugada dessa segunda-feira (11).

Os presos fugitivos foram identificados como João de Deus Dias Lima, Antoniel da Silva Freitas, Francisco Rafael Oliveira Silva, e Marcio Moraes dos Santos.

Segundo o diretor da Unidade, Firmino Brito, os presos cerram as grades de uma das celas e tentaram fugir, mas apenas Samuel conseguiu chegar ao telhado e pular o muro, isso porque os agentes perceberam a ação e evitaram a fuga de mais presos.

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais