sexta-feira, 20 de abril de 2018

Roberto Costa acompanhado do senador João Alberto consegue apoio para os municípios maranhenses atingidos pelas enchentes junto com o Ministro da Integração Nacional, em Brasília

O deputado estadual Roberto Costa (MDB), eleito como presidente da Frente Parlamentar da Assembleia Legislativa do Maranhão, que tem como objetivo acompanhar e prestar assistência às cidades maranhenses atingidas pelas enchentes. Ele participou de uma reunião muita proveitosa, na última terça-feira (18), em Brasília na presidência do Senado Federal, com a presença do Ministro da Integração Nacional, Antônio Pádua de Deus Andrade e o senador João Alberto (MDB), para buscar apoio junto ao Ministério de Integração Nacional aos municípios maranhenses atingidos pelas enchentes.

Segundo Dados da Defesa Civil 11 municípios maranhenses decretaram estado de emergência, como as cidades : Marajá do Sena, Pedreiras, Tresidela do Vale, Lago dos Rodrigues, Presidente Vargas, Brejo, São João do Sóter, Tuntum, Caxias, Formosa da Serra Negra e São Luís Gonzaga. O parlamentar reafirmou o seu compromisso com o povo maranhense e sua solidariedade com o povo maranhense. De acordo com o último levantamento feito pelo Corpo de Bombeiros e Defesa Civil do Maranhão, existem 2.357 famílias desabrigadas com as enchentes no estado do Maranhão.

O senador João Alberto informou toda a situação em que se encontra Estado e demonstrou a preocupação com a necessidade de socorro às vítimas das fortes chuvas. “É importante que o socorro seja completo para que todos os afetados retomem suas vidas o mais rápido possível, com atendimento médico, construção de casas e de redes de escoamento da água”.

Em Bacabal, há mais de 700 pessoas desabrigadas que se encontram em situação de calamidade, em ginásio e estádio. O parlamentar Roberto Costa destacou a problemática. “Estive nestes locais e pude perceber o sofrimento do povo, que padece por falta de alimentos, falta de medicamentos, falta de água. Estamos denunciando o prefeito de Bacabal, o senhor Zé Vieira, que não decretou estado de emergência ao município”.

Roberto Costa ressaltou a prioridade da Prefeitura de Bacabal, “foi gasto do dinheiro público o valor de um milhão de reais, com contrato com bandas de forró, no aniversário da cidade. Em função dessa festa, a Gestão Municipal deixa de decretar estado de emergência, que é a real situação da cidade. Enquanto isso, o povo bacabalense sofre e clama por assistência, saúde, educação, infraestrutura. Embora, a Gestão Municipal não ter decretado estado de emergência”.

O deputado Roberto Costa afirmou que mesmo assim diante desta situação, Roberto Costa junto com o senador João Alberto conseguiram apoio para que o município de Bacabal seja a cidade polo, o posto de comando para atender aos municípios da região do Médio Mearim atingidos pela chuva.
“Bacabal receberá toda a estrutura da Defesa Civil Nacional, com cestas básicas, colchões e equipamentos para serem distribuídos aos demais municípios da Região Mearim”, concluiu Roberto Costa.

O nível do rio Mearim já está oito metros acima do normal e mais de 9 mil pessoas foram afetadas direta ou indiretamente, de acordo com a Defesa Civil do Maranhão. O ministro afirmou que o Ministério não tem medido esforços para prestar todo apoio necessário aos municípios afetados.
 
Do Blog do Abel Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais