quinta-feira, 6 de abril de 2017

Rio Mearim transborda, invade casas e desabriga moradores em Pedreiras e Trizidela do Vale

  •  
  •  
Moradores foram abrigados em uma escola da rede municipal.

Rio Mearim transborda, invade casas e desabriga moradores em Pedreiras e Trizidela do Vale
Rua alagadas em Trizidela do Vale. Foto: Divulgação.
SÃO LUÍS – O período chuvoso é sempre apreensivo para quem mora nas cidades de Pedreiras e Trizidela do Vale. As duas são separadas pelo Rio Mearim e ligadas por uma ponte. O inverno tem sido rigoroso e consequentemente o Rio tem aumentado o seu volume de água. Nos últimos dias, o rio transbordou e chegou a alagar ruas inteiras do bairro Matadouro, lugarejo mais pobre de Pedreiras, Rua do Campo, próximo ao Parque Maratá e ruas do bairro Baixada, ambos em Trizidela do Vale.
Rua do Campo, próximo ao Parque Maratá, em Trizidela do Vale. Foto: Divulgação.
Na rua São Pedro, em Pedreiras, houve casos mais extremos. Um Igarapé próximo transbordou e invadiu as casas, obrigando os moradores a abandona-las. Ao todo, seis famílias foram desabrigadas e alojadas em uma escola da rede municipal. A escola também está em área de risco de alagamento o que preocupa os recém desabrigados.
Móveis de moradores em escola da rede municipal. Foto: Divulgação.
A região já passara por uma situação crítica em 2009, quando as duas cidades foram alagadas devido a cheia do Rio Mearim, provocadas pelas chuvas de um inverso rigoroso. O caso chegou a ser assunto em vários veículos de imprensa nacional.

A rua onde fica o Poço Artesiano da Companhia de Saneamento Ambiental, em Pedreiras, foi totalmente tomadas pela água.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais