terça-feira, 19 de julho de 2016

Com a saída de Roberto Rocha, nome de João Alberto ganha força para 2018

 
O senador Roberto Rocha (PSB) jogou pro alto seu projeto de disputar o cargo de governador por um projeto menor que possa beneficiar seu filho, vereador Roberto Júnior.Ele levou seu partido para apoiar a reeleição do atual prefeito Edivaldo Holanda Júnior e seu filho seja o vice na chapa. Em 2018 Holandinha será o vice na chapa de Flávio Dino, abrindo a prefeitura para outro Júnior, o filho do senador Roberto Rocha.
Foto_oficial_de_João_Alberto_Souza
Com isso, o nome do senador João Alberto cresceu nesta semana para ser o candidato a governador de seu grupo em 2018. Alberto tem sim amplas chances de voltar a governar o Maranhão.
Quando foi governador por nove meses, agiu com dureza no combate ao crime organizado e contra a violência em todo o Maranhão. Ficou conhecido por ter pulso forte.
Administrativo e politicamente fez uma excelente gestão, apesar do curto espaço de tempo. Foi o primeiro a mexer numa das feridas crônica da nossa capital: a falta de saneamento básico, a exemplo da construção da vala da Macaúba.
Valorizou os policiais civis e militares e manteve a porta do Palácio dos Leões abertas ao povo e à classe política. Na carona de seu governo, Edison Lobão foi eleito no segundo turno com 695.727 (53,92%) contra o então considerado imbatível João Castelo com 594,620 (46.08%).
De lá pra cá teve duas vitórias garantidas ao Senado Federal onde já exerceu presidência de comissões importantes e conselhos, como a de Ética.
João Alberto aposta no fracasso do governo de Flávio Dino, que ganhou sem o apoio da classe política com o discurso de mudança. Como as práticas do governo comunista são piores do que as anteriores, ele perdeu o apoio da população e não soube conquistar o aval dos políticos.
O senador do PMDB tem passado a maior parte do tempo percorrendo as cidades maranhenses para eleger aliados e, assim, garantir seu passaporte para 2018.
Um outro e fundamental detalhe na carreira política de João Alberto: não há nenhum registro que tenha manchado sua vida pública por onde passou.

1 comentários:

  1. Não é verdade que ele valorizou policiais, durante a gestão ele não deu um centavo de reajuste.

    ResponderExcluir

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais