quarta-feira, 20 de abril de 2016

Sampaio faz jogo de volta da Copa do Brasil contra Inter (SC)


No primeiro confronto, o Tricolor saiu vitorioso, ao derrotar o Inter de Lages pelo placar de 2 x 1, em Lages. Com o placar, a Bolívia além de jogar pelo empate, pode até perder por 1 x 0 que avança na competição

Petkovic (de azul) orienta jogadores no treino do time do Sampaio, no CT José Carlos Macieira
Petkovic (de azul) orienta jogadores no treino do time do Sampaio, no CT José Carlos Macieira (Foto: Biaman Prado)
SÃO LUÍS - O Sampaio Corrêa enfrenta o Internacional (SC), n a segunda partida da 1ª Fase da Copa do Brasil 2016, hoje, às 19h30, no Estádio Castelão. No primeiro confronto, o Tricolor saiu vitorioso, ao derrotar o Inter de Lages pelo placar de 2 x 1, em Lages. Com o placar, a Bolívia além de jogar pelo empate, pode até perder por 1 x 0 que avança na competição, por ter marcado gol na casa do adversário. Vitória dos catarinenses por 2 x 1 leva a decisão da vaga para os pênalti. O Leão precisa vencer por um gol de diferença, desde que marque três ou mais gols. O vencedor deste confronto pela o Figueirense que eliminou o Lajeadense.

Mesmo com a vantagem, o técnico do Sampaio, Petkovic revelou que vai com o que tem de melhor no seu elenco e não vai poupar ninguém. O lateral-direito Guilherme Lucena, recuperado de uma lesão na coxa e pode ficar como opção para o jogo. O zagueiro Mimica e o atacante Pimentinha, que deixaram o campo no clássico contra o Maranhão com problemas na coxa e tornozelo, respectivamente, também foram liberados pelo departamento medico e estão a disposição do treinador.

O volante Diego Lorenzi, autor de um dos gols da vitória sobre o Maranhão por 3 x 2 pela terceira rodada do returno do Campeonato Maranhense, disse que o Sampaio não pode se segurar apenas na vantagem construída na primeira partida. “A partida de lá já passou. Temos que esquecer vantagem. O time precisa jogando dentro de casa tem que se impor e buscar sempre a vitória”, destacou.
O atacante Carlos Alberto, que também marcou na vitória contra o MAC, é outro que cobra respeito diante do Internacional apesar da vantagem. “Nós fizemos um bom resultado lá em Lages, mas não podemos nos acomodar. O time deles mostrou qualidade e vai tentar dificultar. Temos que impor o nosso ritmo para confirmar a classificação”, ressaltou.

Assim como o Sampaio, o Internacional também vem para o confronto decisivo com força máxima. O técnico do Inter, Waguinho Dias, deve colocar em campo a mesma equipe que empatou com o Brusque por 1 x 1, domingo, pelo Campeonato Catarinense.

O time catarinense busca passar de fase na Copa do Brasil de olho na cota financeira da competição para ajudar as finanças do clube. Porém, a missão do Inter não será nada fácil,porque o time precisa vencer por dois gols de diferença ou ganhar por um gol de diferença desde que seja a partir de 3 x 2, 4 x 3, 5 x 4.

Além da desvantagem no placar, o time catarinense ainda teve que enfrentar uma longa viagem de Lages até São Luís. Foram 129km de ônibus de Gaspar a até Florianópolis, local do embarque para São Luís e mais 2.825km de avião até a capital maranhense.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais