terça-feira, 20 de outubro de 2015

Há 15 dias em greve, bancários tentam primeira negociação

  •  
  •  
Nessa segunda-feira (19), mais agências fecharam as portas em São luís.

Foto: Neto Cordeiro / Imirante.com
SÃO LUÍS - Neste 15º dia de paralisação dos bancários, está prevista uma rodada de negociação às 16h com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). A adesão à greve, no Maranhão, já atinge 90% dos bancos públicos e privados, de acordo com o Sindicato dos Bancários do Maranhão (Seeb-MA).
Nessa segunda-feira (19), mais agências fecharam as portas no bairro do São Cristóvão. Também deixaram de atender a população bancos da região do Centro, Renascença e da Cohama.

Leia também:
Procon-MA orienta como proceder durante a greve dos bancários

Agências bancárias de municípios como Açailândia, Imperatriz, Balsas, Caxias, Codó, Bacabal, Presidente Dutra, Chapadinha, Pedreiras, Santa Inês e Pinheiro, também, estão fechadas.
Os bancários, de todo o Brasil, entraram em greve, por tempo indeterminado, no dia 6 de outubro. A categoria pede reajuste de 35%, PLR de 25% linear, piso do Dieese (R$ 3.377,66), reposição das perdas salariais, isonomia, contratação de mais bancários, respeito à Lei das Filas, saúde, segurança, dentre outras reivindicações. A Fenaban chegou a ofereceu 5,5% de reajuste para salários e vales, incluindo abono de R$ 2,5 mil, não incorporado ao salário. Mas a categoria rejeitou a proposta.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais