terça-feira, 14 de julho de 2015

Sete mortes violentas registradas no fim de semana

  •  
  •  
Entre as vítimas, um jovem morto durante festa de bumba-boi.

Foto: Reprodução
SÃO LUÍS – Foram registradas sete mortes violentas entre sexta-feira (10) e domingo (12), na Região Metropolitana de São Luís. Dentre as vítimas, duas estavam internadas após sofrerem lesão corporal.

Na sexta-feira, houve três mortes. Ângelo de Sousa Lima, de 56 anos, foi assassinado a tiros na Vila São Luís, em São José de Ribamar. Outra vítima de arma de fogo foi Márcio Roberto Silva Abreu, de 41 anos, no bairro Vila Nova.

Além desses, após ser espancado no Turu, no dia 3, Nailson Fonseca Freitas morreu no hospital na noite de sexta-feira. No sábado (11), não foi registrado nenhum homicídio.

Já no domingo (12), na Vila Nazaré, em Paço do Lumiar, o jovem Michel Wesley Pereira, de 16 anos, foi morto com um tiro na cabeça durante uma festa de bumba-boi. Em outro caso, Lindomar do Carmo Pereira de Azevedo, de 81 anos, morreu no hospital após ter sido atingido por pedra no dia 6, na Vila Embratel.

Confusão e mortes no Monte Castelo

Ainda nesse domingo, durante outra apresentação de bumba-boi, no bairro Monte Castelo, duas pessoas foram assassinadas e outra ficou ferida. Um bando, comandado por um suspeito identificado apenas como “Charles”, tentou assaltar o ônibus do grupo que se apresentava. Ao perceber a ação, o motorista tentou fugir e acabou batendo em um veículo que pertencia a dois irmãos.

Quando viram o estado do carro, os gêmeos Pedro César e Paulo César Sousa da Silva, de 25 anos, acharam que o culpado era “Charles”, que acabou sendo espancado. Uma confusão se iniciou e o bando, que tentou assaltar o ônibus, matou um dos irmãos: Pedro César.

Já Paulo conseguiu fugir, mas um amigo deles, identificado como Júlio César Cardoso, de 53 anos, foi pego. Antes de assassiná-lo, a quadrilha, ainda, tentou forçá-lo a informar o paradeiro de Paulo.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais