terça-feira, 14 de julho de 2015

Deputados usam comissão da Assembleia para fazer política

Comissão de Obras e Serviços Públicos  em vistoria em Barra do Corda
Comissão de Obras e Serviços Públicos em vistoria em Barra do Corda
Uma das comissões mais importantes da Assembleia Legislativa do Maranhão, a de Obras e Serviços Públicos, é usada desde o primeiro semestre deste ano para fazer política de forma imoral.

Um dos exemplos disso foi o que ocorreu em março, na cidade de Bacabal. Durante visita da comissão, composta pelos deputados Roberto Costa (PMDB), Rigo Teles (PV) e Carlinhos Florêncio (PHS), acompanhados do Secretário de Estado da saúde, Marcos Pacheco, que não conseguiram definir qual seria o itinerário durante a visita.

Roberto Costa, Carlinhos Florêncio e o vereador Florêncio Neto, trocaram insultos em plena via pública, com direito ao registro da imprensa. O que tudo indica é que o vereador Florêncio Neto buscou um lugar propício para ser destaque e se lançar nas próximas eleições. Foi ele quem seguiu o deputado Roberto Costa e lhe proferiu palavras agressivas, responsabilizando-o pelos problemas da cidade.
Discussão em Bacabal entre Roberto Costa e filho de Carlinhos Florêncio
Discussão em Bacabal entre Roberto Costa e filho de Carlinhos Florêncio

Em Timon, a visita realizada em maio também tentou averiguar as possíveis irregularidades da prefeitura com as obras e conseguiu apurar os problemas conveniados com o governo, em 2013 e 2014. Entre elas, a de ampliação e reformo do Hospital Alarico Pacheco, que estava em total descaso, grande parte em atraso, e a construção da cadeia, paralisada.

Recentemente, a Comissão de Obras e Serviços Públicos esteve em Barra do Corda, para pressionar o prefeito em total uso eleitoreiro. Eric Costa apresentou relatórios das obras já concluídas e das que estão em andamento. Contudo foram encontradas irregularidades na entrega de dois, dos cinco andares de um complexo escolar construído para a instalação de uma universidade particular, com o dinheiro do estado e do município.

A fiscalização dos deputados da Comissão de Obras e Serviços Públicos, que deveria ser uma forma de sanar as dificuldades entre governo e prefeitura, a fim de atuar a favor da comunidade, que espera respostas de seus representantes está esquecendo suas obrigações, desenvolvendo um trabalho de cunho político e partidário.

Do Blog do Neto Ferreira

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais