terça-feira, 21 de julho de 2015

Após polêmica do uso de carro roubado, comando da PM é trocado em Pinheiro


Sob o olhar do Comandante de Policiamento de Área de Interior, Coronel Ozório, Major Brandão passa o Comando ao Major Osmar Alves da Silva Filho.

No auditório da Igreja Batista Angelim no Bairro de Alcântara, na manhã de ontem, segunda-feira (20), tomou posse no cargo de Comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar de Pinheiro, o Major Osmar Alves da Silva Filho de 41 anos. Ele substitui o colega de patente major Antônio Ferreira Brandão, que deixou o posto após denúncia que estaria utilizando um carro que pode ter sido roubado.

O Major Brandão tinha sido conduzido na noite de quarta-feira (15), até a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), em São Luís, para esclarecer a informação feita por denúncia anônima. O major explicou que, quando assumiu o comando da PM no município, o veículo já se encontrava lá. Ele afirmou que os carros não eram usados para atender a necessidades particulares, mas em missões.

Na ocasião, foram apreendidos um carro Spin e uma S-10. Um inquérito foi aberto para apurar a origem dos carros. O major foi liberado após prestar os esclarecimentos, mas o episódio acabou resultando no desgaste no Major e a consequente perda do comando da PM em Pinheiro.

Troca de comando
Major Brandão alega que foi vítima de perseguição política de aliados do prefeito Filuca Mendes(PMDB).

Durante seu pronunciamento de despedida na solenidade de ontem(20), Brandão gradeceu a Deus e reconheceu o compromisso da tropa: ” “Foi uma grande honra trabalhar ao lado de vocês, tropa honesta, honrada e cheia de vontade. Muito feliz por ter passado por esse comando, e ter ajudado a recuperar muitos veículos, e ter combatido a criminalidade na região”, afirmou o major.

O Secretário de Segurança do Estado, Jeferson Portela, esteve no ato e pediu empenho do novo comando no combate ao tráfico de drogas: “Não existe negócio de todo mundo saber onde é boca de fumo e não chegar lá e detonar a boca de fumo, é nosso dever ir lá detonar, prender em flagrante. Ou nós combatemos o tráfico de drogas, ou ele destruirá a sociedade”. Afirmou o Secretário”.

Também participaram da solenidade, o Delgado Geral da Policia Civil, Augusto Barros, o Comandante Geral da PMMA, Coronel Marco Antônio Alves da Silva, o Comandante de Policiamento de Área de Interior, Coronel Ozório, o diretor da 8ª CIRETRAN, Ednildo Rodrigues e lideranças políticas locais.

O prefeito Filuca Mendes(PMDB) fez questão de não marcar presença na solenidade.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais