terça-feira, 12 de maio de 2015

Reunião do PMDB é suspensa e deve ocorrer ainda esta semana

Senador João Alberto quer conversar com membros da legenda na Assembleia


A reunião da direção estadual do PMDB com a bancada da legenda na Assembleia Legislativa foi suspensa pelo presidente estadual, senador João Alberto de Sousa. Entre os parlamentares, somente Roberto Costa foi para o encontro. Oficialmente, Nina Melo e Max Barros estavam fora de São Luís e Andrea Murad se negou a participar do encontro.
 
Nina Melo e Max Barros alegaram problema de agenda. Melo estava em Colinas e argumentou que não conseguiria chegar ainda pela manhã para a reunião. Segundo João Alberto, o ex-deputado Arnaldo Melo, pai da parlamentar, ligou avisando que ela não conseguiria chegar a tempo para participar da reunião.
 
Max Barros também teria entrado em contato na manhã de ontem e avisado ao deputado estadual Roberto Costa que não estava em São Luís e que seu retorno não se daria pela manhã.
 
“Tivemos problema com a agenda dos deputados Nina Melo e Max Barros por isso foi determinada a suspensão da reunião, mas uma nova data já está sendo vista para nos reunirmos”, afirmou João Alberto.
 
Essa nova reunião deverá ocorrer na próxima semana segundo Roberto Costa, que preside da direção municipal da sigla. Segundo ele, uma reunião com a bancada do PMDB ocorrerá ainda esta semana para que na próxima os deputados peemedebistas possam se reunir com o presidente estadual.
 
“Tivemos alguns contratempos com a agenda dos deputados Max Barros e Nina Melo, mas já confirmamos que essa semana a bancada se reúne. Na semana que já vamos organizar para nos reunir com o senador [João Alberto]”, afirmou Costa.
 
Crise
 
Somente a deputada Andrea Murad é que estava na capital, mas decidiu não participar da reunião. Ela disse que somente participará de encontros internos no PMDB quando houver uma reunião com todos os membros do partido incluindo a ex-governadora Roseana Sarney e o senador Lobão Filho.
 
O motivo para querer uma reunião ampla, segundo a parlamentar, é a necessidade de um acerto interno para que depois seja debatido a alinhamento do discurso dos parlamentares na Assembleia Legislativa.
 
"Avisei a direção do partido que estarei presente quando tiver uma reunião com a presença de todas as lideranças do partido como a ex-governadora Roseana Sarney e o senador Lobão Filho. O PMDB precisa resolver seu posicionamento primeiro para depois querer definir o de seus deputados", disse Andrea Murad.
 
Sobre a ausência da deputada Andrea Murad nas reuniões da bancada do PMDB na Assembleia Legislativa, Roberto Costa disse que na democracia as decisões são tomadas pela maioria e que as reuniões do partido que for para deliberar assuntos referentes a bancada com maioria terão validade.

Carla Lima
O Estado

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais