quarta-feira, 6 de maio de 2015

Prefeito de São Mateus pode ser preso; cheque é encontrado com agiota



O prefeito da cidade de São Mateus, Hamilton Nogueira Aragão, o Miltinho, pode ser preso na próxima operação da Polícia Civil e do Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco). Foi encontrado a prova do crime que complica a vida do gestor.

Durante a Operações Morta-Viva e Maharaja, que levou para cadeia uma organização criminosa (ORCRIM), homens da polícia arrombaram o cofre do agiota Josival Cavalcanti da Silva, o Pacovan, e acharam um cheque da Prefeitura de São Mateus, no valor de R$ 106 mil reais.

Assinado no dia 30 de abril deste ano, o cheque consta a assinatura de Miltinho. O Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas vai investigar o desvio de dinheiro público e deve pedir a prisão do prefeito, que tem fortes ligações com agiotagem.

Operação contra agiotagem

A polícia prendeu nesta terça-feira (05), o prefeito de Bacuri, Richard Nixon dos Santos, agiota Josival Cavalcanti da Silva, conhecido como Pacovan, ex-prefeito de Marajá do Sena, Perachi Roberto Farias, o ex-prefeito de Zé Doca, Raimundo Nonato, conhecido na região como Natin e o contador José Epitácio – dono de empresas que operou junto com a organização criminosa.

Do Blog do Neto Ferreira

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais