segunda-feira, 6 de abril de 2015

“Erro operacional”: relatório mostra que fuga em Pedrinhas poderia ser evitada


relatorio 
Um relatório do Batalhão de Choque da Polícia Militar do Maranhão (PMMA) mostra que, com um pouco mais de competência, as forças de segurança e de administração penitenciária do Estado poderiam ter evita o resgate de quatro presos do Centro de Detenção Provisória (CDP), no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

O documento (veja cópia acima) aponta que pelo menos duas horas antes da fuga os criminosos que trabalharam para resgatar os presos já estavam sendo monitorados.

O Choque registrou no relatório desde o roubo de uma caminhonete, em Chapadinha – por volta das 2h58 da madrugada de ontem (5) -, a marcha dos bandidos em comboio (carregando uma escada na carroceria da caminhonete), até o desfecho da ação, com o fuzilamento das guaritas do CDP e o resgate dos detentos.

Da leitura do documento, depreende-se que as forças de segurança não deram a devida atenção que o caso merecia.

Em nota à Rede Globo, o Governo do Estado atribuiu as falhas e a fuga a “erro operacional”.

1 comentários:

  1. quem foram os foragidos?
    e qual o grau de periculosidade destes indivíduos?

    ResponderExcluir

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais