terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Até tu coronel Vieira?!


washington-gabinete-militar
Coronel José de Ribamar Vieira, chefe da segurança pessoal ex-governadora Roseana Sarney.

Documentos da Casa Civil do Governo Roseana Sarney relatam uma estranha viagem do então chefe do Gabinete Militar da ex-governadora às cidades do Rio de Janeiro e de Jundiaí. As viagens foram feitas em jatinhos alugados pelo Governo do Estado junto à empresa PMR Táxi Aéreo e Manutenção Aeronáutica, que prestava serviço a Roseana Sarney no Maranhão e nas campanhas eleitorais que ela disputou.

As notas fiscais emitidas pela empresa prestadora de serviço e disponibilizadas à Casa Civil mostram que, para o contrato do mês em que se realizaram essas duas viagens, o Governo do Maranhão desembolsou R$ 680 mil. Por ano, segundo edital do governo anterior, eram desembolsados cerca de R$ 16.320.000,00 com locação de jatinhos e helicópteros com esta empresa.

A viagem registrada nos documentos relatam que o coronel José de Ribamar Vieira, chefe da segurança pessoal de Roseana Sarney enquanto foi governadora, viajou sozinho nos jatinhos em pelo menos duas oportunidades. A primeira foi no dia 8 de outubro, 3 dias após o fim do período eleitoral – quando a aeronave voou até a cidade de Jundiaí, em São Paulo.

A segunda viagem, dois dias depois, dava conta de que Vieira deixou a capital do Maranhão em direção à capital do Rio de Janeiro, no dia 10 de outubro – quatro dias depois do primeiro turno das eleições.

Segundo relatórios emitidos pela Casa Civil ainda durante o Governo Roseana Sarney, esta foi a única viagem feita pelo então chefe do Gabinete Militar de Roseana Sarney, a quem compete cuidar dos assuntos de segurança estratégicos da ex-governadora.
image3
Documentos mostram que Coronel Vieira utilizou jatinho alugado pelo Governo do Maranhão.
Acontece que, até onde há registro, Roseana Sarney não visitou nenhum dos dois estados no período e também não foi registrado qualquer assunto de interesse do Maranhão nessas duas viagens. Coronel Vieira, segundo os documentos oficiais, viajou sozinho rumo a São Paulo e ao Rio de Janeiro.

Na primeira viagem, Vieira passou poucas horas na cidade de Jundiaí. A aeronave em que estava pousou, segundo relatórios, às 14h10 na cidade e decolou às 20h20. Mais estranho ainda é o relatório da viagem do Rio de Janeiro, em que consta apenas o registro da ida, que aconteceu na noite do dia 10. Coronel Vieira desembarcou no Rio de Janeiro às 20h35.

Consultada, a administração da Casa Civil do governo Flávio Dino afirmou ter conhecimento dos contratos com a PMR Taxi Aéreo e que, numa análise preliminar, os considerou “lesivos” ao erário, já que pagava mensalmente valor fixo à empresa, mesmo sem a efetiva prestação de serviço.
A diretoria da Casa Civil informou ainda que o contrato de locação não foi renovado pelo novo governo e que o mesmo contrato será encaminhado à Secretaria de Transparência e Controle para auditoria.
wpid-Photo-20150208005318500
Que assuntos teria ido resolver o chefe da segurança pessoal de Roseana Sarney? Por que viajou sozinho? Qual a justificativa para utilizar as aeronaves do governo? Imagem Blog do Jeisael

Do Blog do Domingos Costa

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais