Em quatro anos o Maranhão teve cinco governadores
Antes de renunciar ao governo do estado, Roseana Sarney dividiu o comando do Maranhão com outras quatro pessoas, entre deputados, presidente do TJMA e vice-governador.

Guará- Antes de renunciar ao governo do estado, Roseana Sarney dividiu o comando do Maranhão com outras quatro pessoas, entre deputados, presidente do TJMA e vice-governador.
“Esse será o melhor governo da minha vida”. Essas foram as palavras de Roseana Sarney (PMDB), quando empossada governadora do Maranhão, no dia 1° de janeiro de 2011. Mas ela teve que dividir este “Melhor Governo” com outras quatro pessoas, sendo que o atual governador Arnaldo Melo, comandou a máquina estadual em duas oportunidades, e ainda vai fechar o ano como chefe do Executivo Estadual.

O que chamou a atenção é que Roseana entregou o comando do Maranhão para quatro pessoas diferentes entre outubro de 2011 a abril de 2012, sendo que neste espaço de tempo, Washington Oliveira (então vice-governador), Arnaldo Melo (então presidente da Assembleia), Jamil Gedeon  (então presidente do TJMA) e Marcos Caldas (então vice-presidente da Assembleia) assumiram o cargo.

Confira as mudanças cronologicamente:
27 de outubro de 2011

Em uma cerimônia simples, no gabinete do Palácio dos Leões, a governadora Roseana Sarney transmitiu o cargo ao vice-governador Washington Luiz Oliveira, que ficaria à frente do Poder Executivo do Maranhão durante 10 dias, período em que a chefe do Executivo tratou de assuntos pessoais. Mas após três dias como governador, ele passou a bola para Arnaldo Melo.
Washington Oliveira voltaria a ser governador em março de 2012, quando Roseana participava da comitiva da presidente Dilma Rousseff (PT) nos EUA.

31 de outubro de 2011

O então presidente da Assembléia Legislativa, deputado Arnaldo Melo (PMDB), assumiu interinamente o cargo de governador do Estado Maranhão, durante solenidade ocorrida no Palácio dos Leões. Melo substituiu Roseana Sarney por apenas três dias também.

2 de novembro de 2011

O desembargador Jamil de Miranda Gedeon Neto, 51 anos, então presidente do Tribunal de Justiça a época, também assumiu, interinamente, o Governo do Estado do Maranhão no dia 2 de novembro de 2011. A transmissão do cargo aconteceu no Palácio dos Leões, onde o deputado estadual Arnaldo Melo, presidente da Assembleia e governador interino declarou o seu afastamento do cargo, após três dias de exercício.

5 de abril de 2012

Marcos Caldas, a época vice-presidente da Assembleia Legislativa, assumiu o Governo do Maranhão por quase dez dias. A transmissão do Governo foi feita após a licença de Washington Oliveira (PT), que estava como governado por conta de uma viagem feita por Roseana em comitiva com a presidente Dilma Rousseff (PT) para os EUA.

10 de dezembro de 2014

Por fim, o presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo, foi empossado governador do Maranhão de vez, pois Roseana Sarney renunciou ao cargo e como o vice Washington Oliveira se tornou conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a vaga ficaria para o chefe do parlamento estadual.

Agora Arnaldo Melo vai ficar à frente do comando do Executivo Estadual até o dia 31 de dezembro de 2014 e entregará a faixa, no dia 1° de janeiro de 2015, de governador para Flávio Dino, eleito no pleito deste ano.