segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Advogado é morto após comemorar eleição de senador no MA

Segundo a polícia, vizinho de local de festa reclamou do som e feriu três.
Advogado morreu no hospital e outros dois estão em estado grave.

Do G1 MA
Advogado Brunno Matos (Foto: Arquivo Pessoal) 
Advogado Brunno Matos (Foto: Arquivo Pessoal)
 
O advogado Brunno Eduardo Soares Matos, de 29 anos, foi assassinado a facadas na madrugada desta segunda-feira (6), após a festa de comemoração do senador eleito Roberto Rocha (PSB), realizada no comitê de campanha do candidato, no bairro Olho d'Água, em São Luís. O irmão dele, Alexandre Soares Matos, 25, e um terceiro, identificado como Kelvin Chiang, 26, também foram feridos. Eles estão em estado grave em um hospital da capital maranhense. O suspeito foi identificado como Carlos Humberto Marão Filho, 38. Ele foi preso e encaminhado para a Delegacia do Turu.

Segundo informações da polícia, o suspeito mora em uma residência próxima ao comitê e, por volta de 5h, foi até o local para reclamar do som alto. Revoltado, o homem teria começado a quebrar retrovisores de veículos estacionados na frente do comitê. Brunno então reclamou da atitude dele, que entrou em confronto com as vítimas e, armado com uma faca, feriu os três.

Um quarto homem, que não quis se identificar, se escondeu em um buraco e presenciou o crime. Ele contou à polícia que trabalhava desmontando a estrutura de som quando ouviu Alexandre pedir socorro, levou as vítimas para o hospital e chamou a polícia.
De acordo com o sargento do 8º Batalhão de Polícia Militar Júlio César, que atendeu a ocorrência, o suspeito foi preso em casa e reconhecido pelas vítimas. "Fui até o local do acontecido, conversei com algumas pessoas, que confirmaram que tinha tido esse evento. A prisão dele foi dentro da residência, por volta de 6h10", afirmou.

As vítimas foram levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Araçagi. O advogado foi ferido na região do peito e do abdômen e não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito a caminho do hospital. Alexandre foi atingido no abdômen e Kelvin teria ficado com a faca cravada nas costas. Eles foram transferidos para o Hospital São Domingos.

Brunno Matos trabalhava na assessoria jurídica da campanha de Roberto Rocha e na Prefeitura de São Luís. O velório é realizado na Pax União, no Centro, e o enterro será no Cemitério do Gavião, na Madre Deus.

Em nota, a assessoria do senador eleito Roberto Rocha classificou o crime como "ato insano de um covarde" e lamentou a morte do advogado. Leia a íntegra da nota abaixo:
Com profunda consternação registro a perda de nosso companheiro, amigo e membro do PSB, Brunno Eduardo Matos Soares, ocorrida ontem à saída de uma festa organizada por amigos de nossa campanha.

Brunno foi covardemente assassinado por um vizinho, em visível estado de perturbação mental, sem qualquer motivo, a não ser a indisposição com a alegria manifesta em um encontro pacífico e de justificada alegria. Dois outros companheiros foram atingidos, mas sobreviveram ao ato insano de um covarde.

Que a justiça dos homens cumpra seu papel com o rigor que o ato merece e que a misericórdia de Deus amenize a dor da família de Brunno. A ele, devemos lições diárias de profissionalismo, alegria, dedicação e companheirismo.
Roberto Rocha e Família.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais