flavio (2)
A governadora Roseana Sarney e seu grupo político, do qual faz parte o candidato a governador Lobão Filho, são os responsáveis pelo casos na segurança pública do estado. Não é de agora que facções criminosas atuam livremente, incendiando ônibus, praticando assaltos e aterrorizando a população.

Em 2013, bandidos tocaram fogo em ônibus, que culminou com a morte de uma criança, realizaram arrastões, mataram inocentes na guerra de facções e o governo do estado praticamente nada fez para acabar com a ofensiva dos criminosos. Ano passado e agora, a governadora Roseana assume para si toda a responsabilidade pela crise.

Desesperados com a iminente derrota nas eleições, a oligarquia para se manter no poder joga para a plateia, sem provas e de forma irresponsável, que Flávio Dino é culpado pelos ataques. Tentam imputar a alguém que não comanda o estado a culpa de tanta incompetência e inoperância acumulada durante quase cindo décadas de desmando.

Por meio do  twitter, o candidato Flávio Dino repudiou o jogo sujo de seus adversários. De acordo com Dino, o último gesto de desespero da oligarquia é tentar culpar a oposição pela crise, com base em “provas forjadas e falsas”.

“Recebi informações de que a oligarquia vai forjar ‘provas’ para tentar me culpar pela grave crise na segurança do Estado. Isso é um absurdo. O único ‘componente politico-partidário’ na crise da Segurança é a incompetência e descaso do Governo Roseana Sarney. Não ha nenhuma relação entre as eleições e os atos de violência, dentro e fora da Penitenciária. Basta lembrar que a crise vem de 2013. A verdade é que o Governo Roseana pouco fez após a crise de janeiro em Pedrinhas. E o caos continuou. Grave inercia governamental”, lamentou Dino.