quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Pede pra sair, Roseana Sarney

fugas pedrinhas
A imagem acima é a comprovação de que o governo Roseana Sarney (PMDB) perdeu definitivamente o controle do sistema de segurança pública do Maranhão.
Na foto, vários presos fogem em meio ao protesto de vigilantes terceirizados que fazem a guarda do presídio. Mais cedo, a TV Mirante, de propriedade da família Sarney, chegou a registrar a fuga dos criminosos ao vivo, enquanto entrevistava um agente penitenciário. De acordo a Sejap, pelo menos cinquenta detentos conseguiram fugir.

Na semana passada, as facções criminosas desmoralizaram as forças do estado. Em uma ação ousada, 36 presos conseguiram fugir, depois de utilizarem uma caçamba roubada para derrubar os muros da penitenciária.

O descontrole no sistema prisional do Maranhão perdura há vários anos, mas se intensificou desde o ano passado. De 2013 pra cá, pelo menos 85 presos foram executados – vários deles por decapitação – dentro das celas e alas de Pedrinhas.

roseana-sarney-jose-eduardo-cardozoEm dezembro, constrangida pela crise na segurança e pressionada pela opinião pública, Roseana Sarney, ao lado do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozzo, prometeu erguer 11 novos presídios para desafogar a superlotação em Pedrinhas.

À época, ela decretou estado de emergência e anunciou que inauguraria os presídios no máximo até abril deste ano.  Empenhou, sem licitação, R$ 53 milhões em recursos do BNDES. Mas, até então, nenhuma nova vaga foi criada nas cadeias.

O pedido de impeachment de Roseana Sarney por crime de responsabilidade, elaborado por um grupo de advogados do país inteiro, foi enviado pelo Tribunal de Justiça do Maranhão ao Superior Tribunal de Justiça. A governadora, portanto, corre o risco de ser arrancada do Palácio dos Leões antes do final do mandato, pela incapacidade em adotar medidas para combater o caos na segurança e no sistema prisional do Maranhão.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais