O mau desempenho de apostas dos grandes partidos e a ausência de um terceiro candidato competitivo contribuem para que nove Estados caminhem para definir as eleições para governador já no primeiro turno.

O Maranhão é um exemplo desse quadro, segundo levantamento do jornal Folha de São Paulo publicado nesta sexta-feira (26).
De primeira