quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Joao Alberto e o prefeito de Bacabal causam prejuízo para o grupo Sarney e tiram votos de Lobão Filho

Publicada em 25/09/2014 às 11:55:48
 
A situação eleitoral do candidato Lobão Filho não é nada confortável. As pesquisas de intenção de votos estão aí para comprovarem essa afirmação.

O pior para ele é que políticos aliados como o senador João Alberto e o prefeito de Bacabal, Zé Alberto, parecem dispostos a piorar esse quadro.
Nos últimos dias, na cidade de Bacabal os dois tem se digladiado, usando vereadores como intermediários e o povo pobre do bairro Trizidela como massa de manobra.

O prefeito começou há poucos dias uma operação de asfaltamento de algumas ruas da cidade. Quando as máquinas partiram para o bairro Trizidela, dois vereadores residentes no bairro e pertencentes ao PMDB de João Alberto, entraram em ação na frente de um movimento “popular” que reivindica o asfaltamento de praticamente todas as ruas do bairro e não apenas aquelas que constam no planejamento feito pela Secretaria de Obras.

Os vereadores são: Manoel Serafim e Natália Duda. Ambos pertencem ao bloco governista na Câmara. Ou pelo menos pertenciam, antes da confusão instalada. Para entornar ainda mais o caldo, o senador João Alberto aportou na cidade e aprontou.
Reunido com os moradores do bairro Trizidela, ligaram para o prefeito Zé Alberto para que ele fosse até o bairro ouvir as reivindicações. Claro que pressionado, não restaria a ele dizer um “sim”. Quem sairia de bonzinho na história?

O Prefeito remeteu a discussão do caso para o secretário de Obras e se recusou a dialogar com os tridizelenses. Disse isso ao telefone para João Alberto. Ou melhor: disse achando que estaria falando apenas com o Senador, não sabia o Prefeito que João Alberto matreiramente havia colocado o celular no modo ‘viva-voz’ e todo o povo estava compartilhando das explicações do prefeito Zé Alberto. Isso que é amigo....
João Alberto lucra com a desgraça do prefeito Zé Alberto. Tendo o filho João Marcelo como candidato a deputado federal, ao minar a gestão do prefeito João Alberto apresenta o filho como herdeiro dos votos dos insatisfeitos com a administração.
Mas será que João Alberto precisa mesmo fazer muito esforço para descredenciar o prefeito de Bacabal no seio da comunidade bacabalense? A reposta é não.

Zé Alberto quer viver como se não soubesse de nada. Se exime, isso para não dizer que se omite, de resolver problemas importantes da cidade. Na Prefeitura quem faz as vezes do gestor é um casal. A filha Monique (na foto como o prefeito Zé Alberto) e o marido são as duas pessoas que realmente administram, põem e dispõem conforme lhes é conveniente.

Dois episódios ocorridos nos últimos dias dão bem a dimensão do quanto José Alberto está preocupado. O matadouro da cidade foi interditado por causa das péssimas condições físicas, condições péssima de higiene e condições degradantes a que estavam submetidos os funcionários. Detalhe: há vários meses a Prefeitura havia sido notificada da situação e não tomou nenhuma providencia. Depois foi a vez de centenas de alunos do CAIC serem prejudicados. Uma inspeção do Corpo de Bombeiros concluiu que a instalação elétrica representa um perigo para a vida dos alunos. Instada a se pronunciar e resolver o problema, a Prefeitura deu de ombros para a situação. Resultado: o CAIC foi interditado.

O que se conclui é que ações como a do senador João Alberto e seus vereadores, só ocorrem porque existe uma hiato administrativo em Bacabal. Falta legitimidade na Administração, efeito causado justamente pela inoperância.

Para Lobão Filho e o grupo Sarney, não tem pior. Uma cidade cujo prefeito é o do grupo e onde Flávio Dino não faz campanha, poderia bem render uma votação que melhorasse o desempenho do candidato. Mas se duas lideranças estão quase a se engalfinhar no meio da rua, a coisa fica feia.

Do Blog do Louremar Fernandes

1 comentários:

  1. Jr manda fase uma reportagem no corpo d bombeiro nos do madre rosas estamos sendo prejudicados eles botaram uma tal bomba xupa cabra lar i passam o dia enxendo caminhoes pipas nao sei pra q alem do caminhao da corporacao toda hora twm um camilhao pipa lar enxendo d agua potavel agora fica a pergunta com o rio mearim tao proximo porq esses caminhoes pipas estao usando agua do saae issp nao podi

    ResponderExcluir

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais