terça-feira, 8 de julho de 2014

Entre glórias e lágrimas, Julio César completa 10 anos de Seleção

Goleiro fez sua primeira partida pelo Brasil no dia 8 de julho de 2004 contra o Chile: entre conquistas e fracassos, busca agora seu maior feito, o título de uma Copa

Por Belo Horizonte
103 comentários
O que você fazia há exatos 10 anos? Faculdade ou colégio? Namorava? Estava viajando? Julio César tem a resposta na ponta da língua. Ele estreava pela Seleção em Arequipa, cidadezinha do Peru. Vestia a camisa 1 contra o Chile, adversário mais habitual de sua década. 8 de julho de 2004, um dia tão especial quanto pode vir a ser este 8 de julho de 2014. Diante da Alemanha, na semifinal da Copa do Mundo, o goleiro só quer poder comemorar 10 anos de seleção brasileira. 
A trajetória de Julio tem glórias, dissabores, sorrisos e lágrimas. Títulos e fracassos. Nesta terça-feira, a partir das 17h, no Mineirão, ele tentará justamente o maior de todos os feitos: disputar a final do Mundial em casa e apagar a maior de todas as más lembranças: a falha na eliminação para a Holanda, quatro anos atrás, na África do Sul. 
Em 2004, Carlos Alberto Parreira, atual coordenador, era técnico e não teve os três principais jogadores da posição na Copa América: Dida, Rogério Ceni e Marcos. Apostou no jovem Julio César, que já brilhava no Flamengo. Logo na primeira partida, o herdeiro viveu situação curiosa. Pênalti para o Chile. González bateu e fez, mas o árbitro viu invasão da área e mandou voltar. Na segunda cobrança, isolou. Sorte de principiante.
Info NÚMEROS DE JULIO CÉSAR (Foto: Infoesporte)


Quem diria que 10 anos depois, Julio César se veria novamente frente a frente com os chilenos na marca do pênalti. No épico duelo das oitavas de final da Copa do Mundo, ele pegou duas cobranças, de Pinilla e Alexis e eliminou o Chile. Um de seus momentos inesquecíveis na meta nacional. O GloboEsporte.com listou 10.
Confira a lista abaixo e assista a todos no vídeo acima.
01
Estreia (Brasil 1x0 Chile – 8/7/2004)
Há 10 anos, escapou de sofrer gol de pênalti na vitória por 1 a 0 sobre o Chile.
02
Rival (Brasil 2x2 Argentina – 25/7/2004)
Pegou pênalti de D’Alessandro e ajudou o Brasil a vencer a Copa América sobre a Argentina.
Julio Cesar defesa pênalti Copa América 2004 (Foto: Arquivo AP)Julio Cesar em grande defesa de pênalti contra a Argentina na Copa América 2004 (Foto: Arquivo AP)

03
Parede (Brasil 2x1 Uruguai – 21/11/2007)
Com grandes defesas contra o Uruguai, no Morumbi, fez a Seleção arrancar nas Eliminatórias.
04
Copa (Brasil 2x1 Coreia do Norte – 15/6/2010)
Estreou em Copas do Mundo contra a Coreia do Norte: primeira vez no torneio mais importante.
05
Queda (Brasil 1x2 Holanda – 2/7/2010)
Errou no primeiro gol de Sneijder e se abateu muito com a eliminação para a Holanda nas quartas da Copa-2010.
Julio Cesar falha jogo Holanda Copa 2010 (Foto: Getty Images)Goleiro teve falha importante na partida que definiu a eliminação do Brasil em 2010 (Foto: Getty Images)

06
Falha (Brasil 2x1 Bósnia – 28/2/2012)
Levou gol estranho contra a Bósnia e, a partir de então, não voltou a ser chamado por Mano Menezes.
07
Volta (Inglaterra 2x1 Brasil – 6/2/2013)
Retornou logo no primeiro jogo de Felipão, contra a Inglaterra, e se firmou como goleiro para 2014.
08
Herói (Brasil 2x1 Uruguai – 26/6/2013)
Defendeu pênalti de Forlán quando a semifinal da Copa das Confederações, contra o Uruguai, estava 0x0.
09
Tetra (Brasil 3x0 Espanha – 30/6/2013)
Festejou o título das Confederações ao vencer a Espanha e teve a companhia do filho ao levantar a taça.
julio cesar filho seleção brasileira brasil x espanha (Foto: EFE)Julio César vibra com sua volta por cima na Seleção, coroada com o título da Copa das Confederações (Foto: EFE)

10
Choro (Brasil 1x1 Chile – 28/6/2014)
Antes dos pênaltis contra o Chile, nas oitavas da Copa, chorou. Pegou duas cobranças e salvou o Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais