terça-feira, 10 de junho de 2014

Edinho Lobão é acusado de usar empregada doméstica como laranja para sonegar imposto


Pré-candidato do grupo Sarney está sendo investigado pelos crimes contra a ordem tributária, falsidade ideológica e formação de quadrilha.
Pré-candidato do grupo Sarney está sendo investigado pelos crimes contra a ordem tributária, falsidade ideológica e formação de quadrilha.

O pré-candidato Edinho Lobão (PMDB) está sendo investigado pela Polícia Federal por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele é acusado de usar uma empregada doméstica como laranja para fugir de dívidas de um empréstimo e do pagamento de impostos.
Desde 2008, por determinação do então ministro Carlos Alberto Direito, Edinho está sendo investigado pelos crimes contra a ordem tributária, falsidade ideológica e formação de quadrilha.
O processo corre em segredo de Justiça a pedido do suplente de senador. O blog apurou que a última movimentação ocorreu em 23 de setembro de 2013.
A empregada doméstica Maria Lúcia Martins descobriu que era dona de uma empresa que devia R$ 5,5 milhões quando foi intimada pela Receita Federal
A empregada doméstica Maria Lúcia Martins descobriu que era dona de uma empresa que devia R$ 5,5 milhões quando foi intimada pela Receita FederalA época da denúncia, o jornal “Folha de S.Paulo” teve acesso a relatórios que embasaram a decisão do ministro e que reforçam as suspeitas contra o pré-candidato a governador do grupo Sarney e acrescentam novas denúncias.
Uma investigação da Receita Federal chama de “farsa” a transferência das cotas de Edinho na Bemar Distribuidora de Bebidas Ltda. – um empresa que Edinho mantinha com mais dois sócios – para a empregada doméstica Maria Lúcia Martins.
Segundo o documento, a operação teve o “intuito deliberado de transferir [as cotas da empresa] para pessoas sem poder econômico para responderem, perante o fisco, pelo pagamento de impostos e contribuições”.
Um exame grafotécnico concluiu que a assinatura de Maria Lúcia foi falsificada. A dívida herdada pela doméstica superava R$ 5,5 milhões, em valores de 2008.
O documento da Receita e outros reunidos pelo Ministério Público indicam que Edinho Lobão, mesmo após transferir suas cotas, continuou sendo o dono, de fato, da Bemar.
As mesmas acusações são feitas em relação à Itumar Distribuidora de Bebida, outra empresa na qual Edinho é sócio. Nesse caso, a participação dele foi transferida a Ana Maria dos Santos, sogra do sócio Marco Aurélio Pires.
CONDENAÇÃO
Edinho Lobão foi condenado em 2010 a um ano e quatro meses de prisão por operações ilegais na TV Difusora, empresa de sua propriedade. A sentença não foi cumprida porque o crime prescreveu (o Estado demorou a julgar e perdeu o direito de ação), mas a condenação pode tê-lo tornado um político ficha-suja.

1 comentários:

  1. O Estado do Maranhão terá coragem de eleger este PLAYBOY para o cargo mais importante do nosso Estado?
    Brincadeira, esse cara. Sabe de nada, Inocente. Desculpa, sabe sim: lembram do que AYRTON SENNA falou sobre ele.

    ResponderExcluir

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais