quarta-feira, 18 de junho de 2014

Dia do Tambor de Crioula será celebrado nesta quarta-feira

A data será marcada pela tradicional Alvorada dos Tambores, a partir das 7h.
Imirante.com
17/06/2014 às 15h25 - Atualizado em 17/06/2014 às 15h51

SÃO LUÍS – Desde 2007, o Tambor de Crioula é reconhecido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como patrimônio cultural brasileiro. Desde o ano da oficialização do título, essa manifestação tipicamente maranhense vem sendo celebrada no dia 18 de junho, data que ficou registrada como Dia Nacional do Tambor de Crioula.
Esta terça-feira (18), assim como em anos anteriores, será marcada pela Alvorada dos Tambores, que começa a partir das 7h, na Praça do Pantheon, em frente à Biblioteca Pública Benedito Leite, no Centro. Nesta edição do evento, os grupos “Arte Nossa”, “Brilho de São Benedito” e “Tambor de Crioula do Oriente” se apresentam na festa.
De acordo com o coordenador geral do Comitê Gestor da Salvaguarda do Tambor de Crioula, Neto de Azile, a comemoração ajuda a valorizar essa manifestação cultural, inserindo-a em espaços públicos e elevando a autoestima de coreiros e coreiras. “A data representa o reconhecimento de uma expressão genuinamente maranhense na identidade cultural do Brasil”, complementa.

Sobre o Tambor de Crioula

Trata-se de uma forma de expressão de matriz afro-brasileira que envolve dança circular, canto e percussão de tambores. É realizado sem local específico ou calendário pré-fixado. O Tambor de Crioula ocorre na maioria dos municípios maranhenses. Dela participam as coreiras, levadas pelo ritmo dos tambores e pelas toadas evocadas por tocadores e cantadores. A dança culmina na punga ou umbigada – gesto característico, que significa saudação e convite.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais