sexta-feira, 20 de junho de 2014

Campanha de vacinação contra febre aftosa é prorrogada

A comprovação deve ser feita apresentando a nota fiscal da compra do medicamento.

Diana Cardoso/Imirante Imperatriz
20/06/2014 às 08h05 - Atualizado em 20/06/2014 às 09h28

Secretário Cláudio Azevedo no lançamento da campanha contra a Febre Aftosa em Imperatriz.
IMPERATRIZ – Os criadores teriam até esta sexta-feira (20), para comprovarem a vacinação contra a febre aftosa, porém o prazo para comprovação foi prorrogado para segunda-feira (23).
A comprovação deve ser feita através de nota fiscal da compra do medicamento no escritório da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged), em que o criador é cadastrado.
Após a comprovação, o funcionário da Aged faz a atualização do cadastro do produtor, por meio de uma ficha com informações do criador, da localização da propriedade e do rebanho.
Além disso, os animais não vacinados, ou que tenham sua vacinação pendente junto à Aged, não poderão ser transportados fora dos limites da propriedade rural, visto que o criador fica impossibilitado de receber as Guias de Trânsito Animal (GTA’s), emitidas pelo pela Aged para que possam circular pelo Estado.
Multas
O criador que não vacinou o rebanho está sujeito à multa. Para que possuir entre 51 e 300 animais cadastrados, a multa é de R$ 1,50 por cabeça vacinada, e R$ 2 por cabeça vacinada para produtores com mais de 301 animais cadastrados.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais