terça-feira, 6 de maio de 2014

Cortando as asas do Carcará

Senador João Alberto, agregado de Sarney no Senado. PMDB quer usar presidência da CPI da Petrobras para continuar chantageando Dilma
Senador João Alberto, agregado de Sarney no Senado. PMDB quer usar presidência da CPI da Petrobras para continuar chantageando Dilma
O Senador maranhense João Alberto (PMDB), indicado por Sarney para presidir a CPI Mista da Petrobras no Congresso Nacional, vem sofrendo forte rejeição para ocupar o cargo, dentro do próprio partido.
Tanto a bancada do PMDB no Senado quanto na Câmara, avaliam que a indicação de João Alberto não é ideal. O líder da bancada do PMDB no Senado, Eunício Oliveira se prepara para sondar os senadores Vital do Rêgo (PMDB-PB) e Ricardo Ferraço (PMDB-ES), nomes mais respeitados no PMDB.
Na Câmara, os deputados peemedebistas também não querem saber do pupilo de Sarney na presidência da CPI. Como sempre, Sarney lidera a chantagem no PMDB e já ameaçou apoiar o nome de um peemedebista não alinhado à Dilma, caso o governo insista em apoiar o candidato do grupo de Ciro Gomes ao governo no Ceará.
Do Blog do Abel Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais