segunda-feira, 31 de março de 2014

Título da postagem Comando reage a greve servindo comida ‘obscena’ aos PMs do Maranhão

Acompanhantes das quentinhas - uma calabresa e dois ovos - estavam dispostos formando a genitália masculina




Atual7

A crise que gerou a greve de policiais militares do Maranhão pode se agravar ainda mais após uma provocação feita, nesta segunda-feira (31), no almoço servido aos PMs do 9º Batalhão e do Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança).
Pelas imagens obtidas pelo Atual7, em todas as quentinhas, pelo menos dois acompanhantes [uma calabresa e dois ovos] podem ter sido dispostos propositalmente para formar a genitália masculina. A responsabilidade pela alimentação dos policiais é da Diretoria de Apoio Logístico (DAL), comandada atualmente pelo coronel José Mariano Almeida Neto.

Registro de um dos bandecos com acompanhantes dispostos em forma obscena. Foto: Atual7
COMANDO REAGE À GREVE Registro de um dos bandecos com acompanhantes dispostos em forma
 obscena. Foto: Atual7

De acordo com PMs ouvidos pela reportagem, o comando da DAL teria tomado conhecimento de que novas adesões à greve – que já dura cinco dias – seriam feitas por policiais pertencentes ao 9º Batalhão e ao Ciops, e então tomado a ‘iniciativa’ de mandar que os bandecos fossem servidos com a ofensa.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais