sexta-feira, 28 de março de 2014

Suspeito de latrocínio em GO é preso em Coroatá no Maranhão

Ajudante de pedreiro Vanilson Montel, 20, foi preso nesta quinta-feira (27).
Suspeito morava em Taboca, na zona rural da cidade maranhense.

Do G1 MA com informações da TV Mirante
O ajudante de pedreiro Vanilson Montel da Conceição, de 20 anos, suspeito de um latrocínio cometido em dezembro do ano passado em Catalão, em Goiás, foi detido na zona rural de Coroatá nesta quinta-feira (27), segundo informações da Polícia Civil.
A polícia chegou ao paradeiro do pedreiro que mora em Taboca, na zona rural da cidade maranhense, por meio do monitoramento do celular da vítima feito com autorização judicial. Segundo o delegado Samuel Morita, o aparelho mostra indícios que incriminam o suspeito.
"Se ele tivesse dito pra mim que comprou o celular esse celular de outra pessoa em Catalão, eu acreditaria porque isso é perfeitamente possível de acontecer. Mas não, ele disse que não troxe nenhum celular de Catalão, Goiás. Isso quer dizer que ele está querendo ocultar alguma evidência do crime, disse o delegado.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais