Certa vez, o atabalhoado Ricardo Murad (hoje atual secretário de Estado de Saúde) – quando fazia de conta que era oposição à família Sarney – chegou a dizer que Roseana Sarney era uma farsa, não entendia absolutamente nada. Com proeza, ele resumiu bem a essência da mandatária. Talvez esta uma das poucas declarações lúcidas e sensatas de Murad.

governadora-roseana-sarney-72809Pois bem, as últimas declarações destrambelhadas de Roseana dizendo que a violência no estado cresceu porque o Maranhão é rico e a última, concedida em um evento nesta segunda-feira (24), o qual afirmou que não era importante investir no sistema carcerário, só confirma o que Ricardo disse há alguns anos. A filha do senador José Sarney é despreparada, inapta e incapaz. Um desastre.
Ao desconhecer o significado da palavra ressocialização de presos, a sem noção Roseana dá a entender que um detento não pode se reabilitar. Pior, e causa muita preocupação, é o entendimento da governadora, de relegar o sistema prisional maranhense e, ao menosprezá-lo, não fazer os investimentos necessários (quem não lembra que o Maranhão teve que devolver R$ 22 milhões ao Departamento Penitenciário Nacional por puro descaso).
Se já está ruim, com rebeliões, mortes, decapitações, a situação só tende a piorar por conta da estultice de uma desqualificada para o posto que não tem dimensão dos problemas do estado e muito menos soluções. Continuamos correndo grande perigo tendo o governo nas mãos de uma gestora irresponsável.
É com essa concepção medieval da governadora, inabilitada para ocupar o cargo, que os maranhenses convivem durante quatro mandatos. A mente atrasada, fechada de Roseana fez com que o Maranhão fosse penalizado ao longo de décadas de tanto desgoverno, alcançando os piores indicadores sociais e o título de estado mais miserável da federal. Tão pobre quanto os conhecimentos da oligarca.
Ou será que a governadora asna não sabe que a onda de violência que assola o estado está diretamente associada aos que estão presos em Pedrinhas? É de lá que sai ordens para que ocorram assaltos, assassinatos, roubo de bancos aqui fora. As facções têm seus QGs instalados no complexo penitenciário maranhense. Partiu justamente do presídio de Pedrinhas a ordem para atear fogo em ônibus e realizar ataques em São Luís, mas infelizmente a governadora desconhece isso (não só isso, como quase tudo).
Por essas e outras que a sinhazinha é proibida de falar em situações adversas, é cada pérola… O próprio irmão, Fernando Sarney já teve vários embates com Roseana devido suas peripécias verborrágicas oriundas da falta de conhecimento.
É, infelizmente, com esse pensamento torpe da limitada Roseana Sarney (a estúpida!) que a violência vai avançado e o Maranhão segue ladeira abaixo. Haja ignorância!