sexta-feira, 14 de março de 2014

Quatro times seguem com risco de rebaixamento no Estadual

Atual campeão, o Maranhão Atlético vive má fase e está na zona de rebaixamento.

Gustavo Arruda / Imirante.com
13/03/2014 às 21h48

 
O tradicional Maranhão Atlético Clube corre contra o tempo para fugir do rebaixamento. (Foto: Biné Morais / O Estado)
 
SÃO LUÍS – A quarta e penúltima rodada do returno do Campeonato Maranhense, que teve início na quarta-feira (12), já definiu o primeiro clube rebaixado para a Segundinha em 2015: o Bacabal Esporte Clube, que somou apenas um ponto em oito jogos e confirmou o descenso após derrota para o São José de Ribamar, no estádio Correão.
Com o BEC já confirmado na Série B e cinco times livres do risco por causa da alta pontuação obtida (Sampaio Corrêa, Santa Quitéria, Moto Club, Cordino e Imperatriz), outras quatro equipes terão os últimos jogos da fase classificatória para fugir da degola. Confira a situação dos clubes que ainda lutam para fugir do rebaixamento no Estadual.

Araioses (6º colocado – 9 pontos)

Estreante no Campeonato Maranhense e semifinalista no primeiro turno, o Araioses é o time com a situação mais tranquila entre os ameaçados. Com nove pontos e dois jogos a disputar, o time do Sul maranhense precisa de mais quatro pontos para evitar a degola sem depender dos resultados de seus oponentes.
Nestes dois confrontos que restam, o Araioses terá uma pedreira já no primeiro deles: enfrentará o Sampaio Corrêa, campeão do primeiro turno, no estádio Castelão. Na última rodada, entretanto, o duelo é contra o já rebaixado Bacabal diante de sua torcida, no Cardosão. Caso saia de São Luís com um empate diante do Tricolor, a permanência do Araioses está praticamente encaminhada.

Balsas (7º colocado – 7 pontos)

Com apenas um ponto de diferença em relação ao primeiro time na zona da degola, o Balsas não tem outra saída: precisa de duas vitórias nos dois compromissos restantes para evitar o retorno à Série B do Maranhense e não precisar fazer contas. Caso consiga cumprir bem o objetivo, a equipe terá chances até de chegar às semifinais do returno.
Os jogos finais do Vermelhão, porém, não serão fáceis: apesar de atuar em casa no próximo domingo (16), o Balsas enfrenta o Moto Club, finalista do primeiro turno e dono da terceira melhor campanha na classificação final. A última partida será em São Luís, em um confronto direto contra o São José de Ribamar.

São José de Ribamar (8º colocado – 7 pontos)

A vitória sobre o Bacabal foi o suficiente para tirar o São José da zona de rebaixamento até domingo, mas o Peixe-Pedra continua sendo a equipe mais ameaçada de queda. Com um jogo a menos em relação aos rivais, o time balneário terá que fazer muitas contas e torcer por, no mínimo, uma destas combinações: duas derrotas do Araioses e tropeços de Balsas e Maranhão Atlético, que só podem somar no máximo dois pontos cada. Além disso, o São José precisa fazer sua parte no confronto direto contra o próprio Balsas, na última rodada.

Maranhão Atlético (9º colocado – 6 pontos)

Atual campeão e uma das equipes mais tradicionais do futebol maranhense, o Maranhão Atlético Clube sofre com a possibilidade de rebaixamento. Na zona da degola depois da vitória do São José, o Quadricolor precisa uma vitória contra o Imperatriz, neste domingo (16), para sair da vice-lanterna e chegar à última rodada com boas chances de permanência. O último jogo do MAC será contra o Cordino, em Barra do Corda.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais