quarta-feira, 5 de março de 2014

Força Nacional vai permanecer no Maranhão por mais 90 dias


05/03/2014 17h23 - Atualizado em 05/03/2014 17h24

Solicitação do governo do estado foi autorizada pelo Ministério da Justiça.
Prazo ainda pode ser prorrogado, caso haja nova requisição.

Do G1 MA
Força Nacional fez primeira vistoria ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas ainda na noite de domingo (13) (Foto: César Hipólito/TV Mirante)Força Nacional fez primeira vistoria ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas ainda na noite de domingo (13) (Foto: César Hipólito/TV Mirante)
A permanência da Força Nacional de Segurança Pública no Maranhão foi prorrogada por, pelo menos, por mais 90 dias no estado, conforme publicação da portaria do Ministério da Justiça no Diário Oficial da União. A nova prorrogação foi solicitada pelo governo do estado. O prazo ainda pode ser estendido, caso haja nova solicitação.

Segundo nota da Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), a Força Nacional continua atuando em apoio a revistas, rondas noturnas no Complexo Penitenciário de Pedrinhas e atendimento a ocorrências de altas complexidades nas unidades.Também faz o treinamento de homens do Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop).

A vinda da Força Nacional de Segurança ao Maranhão ocorreu em outubro do ano passado, após rebelião na Casa de Detenção do Complexo penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, quando nove presos foram mortos em um confronto entre facções criminosas rivais. Na ocasião, a governadora Roseana Sarney decretou situação de emergência no sistema penitenciário do estado.
Ao todo, 150 homens chegaram em 2013 para reforçar a  segurança no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. A maior parte do efetivo veio de Brasília. Outros estavam em operações no interior do Pará. A vinda deles foi autorizada pelo Ministério da Justiça depois que o Governo do Estado decretou situação de emergência.
Em janeiro, o governo dederal renovou por mais dois meses a permanência da Força Nacional de Segurança no Complexo de Pedrinhas, no Maranhão. São Luís tem 11 unidades prisionais, sendo que oito integram o Complexo de Pedrinhas. Além dessas há a Unidade Prisional de Olho d'Água, o Centro de Custódia de Presos Provisórios do Anil e a Unidade Prisional de Ressocialização de Paço do Lumiar, na região metropolitana da capital.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais