sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Moradores de povoado em Santa Inês criticam construção de presídio

Prédio deve ser construído perto de uma comunidade na zona rural.
Para moradores, unidade vai quebrar tranquilidade da comunidade.

Do G1 MA com informações da TV Mirante
A cidade de Santa Inês é um dos locais escolhidos para a construção de presídios no interior do Estado. O prédio deve ser construído perto de uma comunidade na zona rural, mas os moradores não gostaram da ideia.
O povoado Porção da Juçara fica a 20 quilômetros da cidade. No local moram, aproximadamente, 100 famílias, que vivem da lavoura. No último domingo (2), representantes dos governos estadual e municipal estiveram no local e se reuniram com os moradores para anunciar a construção do
presídio.
O terreno escolhido pela prefeitura fica em uma área de 216 hectares, dos quais seis serão utilizados para construção do presídio. Mais da metade das famílias do povoado possuem roças nesta área, que pertence à prefeitura. Quem participou da conquista do terreno, há cerca de 30 anos, afirma que foi difícil chegar onde estão hoje.
O medo dos moradores da comunidade é por conta dos últimos contecimentos, em relação à crise no sistema prisional do Estado. Em Santa Inês, existe uma unidade prisional com capacidade para 78 detentos, mas hoje eles já são 84.
No ano passado, seis presos considerados perigosos conseguiram escapar do prédio. No último dia 22, Cledeilson de Jesus Cunha, de 28 anos, foi assassinado em uma das celas. O corpo foi encontrado dentro de um balde de lixo, no corredor da carceragem.
Para os moradores, esses são alguns dos exemplos que reforçam a tese deles de que o  presídio irá quebrar a rotina de tranquilidade e segurança que ainda existe na comunidade. Os moradores agora estão colhendo assinaturas em Porção da Juçara e povoados vizinhos para tentar a evitar que o presídio seja construído.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais