quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Com dois de Kléo, Moto Club vence o BEC na estreia do returno do Estadual

Partida foi realizada na noite desta quarta-feira no Estádio Castelão, em São Luís, MA

Por São Luís, MA

O Moto Club começou com o pé direito no segundo turno do Campeonato Maranhense. A equipe rubro-negra bateu o Bacabal  por 3 a 1, na noite desta quarta-feira, no Estádio Castelão, em São Luís-MA.

O Moto abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo com o atacante Gilson. No segundo tempo, o BEC empatou o jogo com Guilherme, aos nove. Os gols da vitória do Papão do Norte foram marcados pelo meia Kléo. De falta, aos 16, e aos 36 minutos, após rebote do goleiro do BEC, Maxuel.
A renda da partida chegou a R$ 10. 750. Isso porque, o público pagante foi apenas de 761. Segundo boletim informativo da partida 301 pessoas não pagaram ingresso e o público total foi de 1.062.
Com a vitória, o Moto chega aos três pontos no grupo A da competição. A equipe divide a liderança com Cordino e Imperatriz. Já o BEC segue sem pontuar em todo o Estadual.
Moto Club bateu o Bacabal com por 3 a 1 no Estádio Castelão (Foto: Zeca Soares/Globoesporte.com)Moto Club bateu o Bacabal com por 3 a 1 no Estádio Castelão (Foto: Zeca Soares/Globoesporte.com)

O jogo seguinte do Moto Club será somente na próxima semana. A equipe enfrenta o MAC no clássico Maremoto, quinta-feira, às 20h30, no Nhozinho Santos.
O Bacabal volta a jogar no mesmo dia. A equipe recebe o Imperatriz no Estádio Correão, às 20h30.
O jogo

O Moto começou o jogo avassalador. Logo no primeiro minuto da etapa inicial, o atacante Gilson aproveitou rebote do goleiro Humberto e fez 1 a 0 para a equipe rubro-negra.

O domínio era do Moto Club que abusava de perder oportunidades e de ampliar o placar. Tanto, que o Bacabal só foi ter a primeira chance do jogo aos 28 minutos do primeiro tempo, com um chute de fora da área do atacante Guilherme.
O Moto seguiu pressionando, mas também continuava sem exatidão na finalização. Sem efetividade, o rubro-negra foi para o intervalo com o placar mínimo favorável, 1 a 0.

Veio o segundo tempo e o técnico do BEC já entrou esgotando todas as substituições. No primeiro tempo já havia entrado Ramon no lugar do lateral-direito Tiago Messias. No intervalo, o treinador tirou até o goleiro Humberto para entrar com Maxuel. A outra mudança foi a entrada Mosser na vaga de Renato.
E parecia que Dourado iria acertar, pois o BEC empatou o jogo aos noves minutos com o atacante Guilherme, após sobra na área. No entanto, o Moto acordou e resolveu aproveitar as oportunidades. O meia Kléo fez de falta aos 16 minutos e depois aos 36 definiu o placar após rebote do goleiro Maxuel, 3 a 1.
Moto: Ruan; Dieguinho, Luis Fernando, Fernando Fonseca e Jeferson Abreu (Ítalo); Pierre, Curuca, Kléo, Felipe; Gilson (Vitor) e Henrique (Da Silva). Téc: Edson Porto  
BEC: Humberto (Maxuel); Tiago Messias (Ramon), Marcelo, Renato Santos (Mosser) e Douglas; Cleriston, Eduardo, Danilo Sousa e Gláucio; Guilherme e Jonas. Téc: Fernando Dourado.


0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais