segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Roseana aceita ajuda do Min. da Justiça, que cederá vagas em presídios federais

Roseana-demagoga1

  • Governo federal ofereceu ao Maranhão cerca de 25 vagas para abrigar detentos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas
Por OSWALDO VIVIANI (O Globo) 
SÃO LUÍS – O governo do Maranhão vai aceitar as cerca de 25 vagas oferecidas pelo Ministério da Justiça em presídios federais, e transferir para essas unidades os presos envolvidos nos recentes ataques a ônibus e delegacias de polícia na capital maranhense.
As ações foram uma represália ao endurecimento da disciplina no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, após uma crise causada por rebeliões, fugas e mortes. As vagas em presídios federais foram oferecidas pelo governo federal neste domingo.
Nos ataques, ocorridos na sexta-feira e no sábado, cinco ônibus foram queimados em São Luís. A menina Ana Clara Santos Sousa, de 6 anos, não conseguiu sair de um dos coletivos e morreu na manhã desta segunda-feira, depois de sofrer queimaduras em 95% do corpo. Outras quatro pessoas permanecem internadas, duas delas em estado grave.

Além dos incêndios a ônibus, duas delegacias, nos bairros de São Francisco e Liberdade, e uma viatura policial foram atingidas a tiros. Dezesseis suspeitos de cometer os ataques foram presos, entre a madrugada de domingo e de hoje.
A governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), deve se pronunciar em entrevista coletiva, marcada para esta tarde no Palácio dos Leões, sede do governo maranhense. Os nomes dos presos que serão transferidos ainda não foram divulgados.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais