quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Juíza da 1ª Vara Criminal manda soltar envolvidos em incêndios a ônibus em São Luis

Bandidos foram presos logo depois dos atentados. Juíza entendeu não haver razão para que eles fiquem presos.


Do Blog do Marco Aurélio D’Eça

A juíza auxiliar da 1ª Vara Criminal determinou, nesta quinta-feira (23), a soltura dos criminosos Sansão dos Santos Salles e Julian Jeferson Sousa da Silva, acusados de participação nos ataques a ônibus que resultaram na morte da menina Ana Clara Souza.
A informação foi dada em primeira mão pelo jornalista Geraldo Castro, no programa Abrindo o verbo, da Mirante AM.

Sanção dos Santos Sales, 19 anos; e La Ravardiere Silva Rodrigues Sousa Júnior, 31 anos, e Julian Jeferson Sousa da Silva, 21 anos são apontados como integrantes do grupo que ateou fogo no ônibus. Foto: Divulgação
EM LIBERDADE Sanção dos Santos Sales, 19 anos; La Ravardiere Silva Rodrigues Sousa Júnior, 31 
anos; e Julian Jeferson Sousa da Silva, 21 anos, são apontados como integrantes do grupo que ateou fogo
 no ônibus. Agora, só o do meio permanecerá preso. Foto: Divulgação

Os dois bandidos foram presos logo depois dos atentados, após investigação da polícia que resultou na prisão de outros 14 marginais apontados como coautores dos crimes.
Além dos ataques a ônibus e da morte da menina Ana Clara, o bando é acusado também de atirar contra delegacias de polícia na capital maranhense.
Mas a juíza entendeu não haver razão para que eles fiquem presos…

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais