quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Roberto Costa defende avanços do estado na área de educação




Roberto Costa durante discurso na Assembleia.Durante pronunciamento, na sessão desta quarta-feira (4), na Assembleia Legislativa, o deputado Roberto Costa (PMDB) rebateu as críticas disparadas pela Oposição sobre a área da educação e destacou os avanços conquistados pelo Maranhão este ano. Em seu discurso, o parlamentar fez referência ao artigo “Educação e modernidade”, do senador José Sarney, publicado no último domingo no jornal O Estado do Maranhão, cujo texto destaca a sua luta histórica pela base educativa no Estado, e chama atenção para aos investimentos que Roseana Sarney tem feito na área.
“Eu vim aqui hoje, mais uma vez, tratar da questão da educação, do índice da educação, com muita alegria e com muita satisfação. Inclusive, falando a respeito do artigo do senador José Sarney, que fala das ‘bocas do diabo’. A verdadeira boca do diabo é dessas pessoas que quando a Universidade Estadual do Maranhão (Uema) conseguiu a nota máxima nos cursos de Direito e de Administração, inclusive superando Universidades tradicionais como a Ufma e ainda universidades particulares, não subiram na Tribuna para elogiar o trabalho que a Uema tem feito”, destacou o parlamentar.
Também lembrou as projeções positivas alcançadas pelo Estado no Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil, reflexo dos maciços investimentos feitos pelo Governo do Estado em diversos setores. “A boca do diabo é aquela que quando o Maranhão sai do 27º lugar no Índice de Desenvolvimento Humano e pula para o 19º se cala e não sobe na Tribuna para dizer dos avanços que nós estamos tendo na nossa educação. Para parabenizar os professores, os alunos, o Governo pelos investimentos na educação”, frisou.
Costa observou que a Oposição só faz uso da tribuna quando encontra índices que denigram a imagem do Estado, utilizando o fato como se fosse uma grande vitória. No entanto, não se manifestam ou cobram providências de situações vergonhosas empreendidas pelo prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior, que já expuseram o Maranhão em rede nacional.
“A boca do diabo é aquela que se cala na Tribuna quando os seus aliados entregam café com farinha nas escolas para merenda dos alunos e não citam, por nenhum momento, a situação de vergonha que seu aliado faz com as nossas crianças. A boca do diabo é aquela que não procura saber a situação da saúde em São Luís, onde os hospitais hoje são feitos de macas nos corredores, falta de medicação, greve de médicos. Então, eu espero que essa boca do diabo ela pense mais no povo do Maranhão e largue de buscar a situação às vezes da nossa população como uma vitória para eles”, finaliza.

Do Blog do Neto Ferreira

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais