quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Juizado Especial de Santa Inês ganha sede própria

 O novo prédio do Juizado foi inaugurado pelo presidente do TJMA, Guerreiro Júnior, e pelo Corregedor-Geral, Cleones Cunha (Foto: Ribamar Pinheiro)
O novo prédio do Juizado foi inaugurado pelo presidente do TJMA, Guerreiro Júnior, e pelo Corregedor-Geral, Cleones Cunha (Foto: Ribamar Pinheiro)

11DEZ201311:36
 
Foi inaugurado nesta quarta-feira (11) a sede própria do Juizado Especial Cível e Criminal de Santa Inês, a 275 quilômetros de São Luís. As novas instalações foram entregues aos juízes, servidores e ao público pelo presidente do TJMA e corregedor geral da Justiça, desembargadores Antonio Guerreiro Junior e Cleones Cunha.
O prédio de 420 metros quadrados foi construído em 90 dias e é o primeiro do Judiciário a utilizar a técnica de estrutura modular, formada por blocos de aço revestidos com placas de gesso, podendo ser alterado e remontado, se necessário. “A mesma técnica está sendo usada para construir o salão do Júri de Barra do Corda; a unidade administrativa da Associação dos Magistrados; o juizado do Calhau e a turma recursal de São Luís”, informa o diretor de Engenharia do TJMA, Rui Barbosa Sobrinho.
A Juíza titular da unidade, Maricélia Gonçalves, falou da conquista que representa o cumprimento da promessa de construção do prédio, que atenderá as demandas da comunidade de Santa Inês, especialmente os mais pobres, de forma rápida, gratuita e conciliatória.
Guerreiro Júnior declarou que está satisfeito pelo trabalho feito na presidência do Judiciário estadual, no qual buscou priorizar a Justiça de 1º grau e avançar na modernização, o que conferiu ao TJMA a posição de oitavo melhor tribunal do país em tecnologia da informação. “Presto contas de uma gestão vivida em conjunto com os magistrados e a Corregedoria, o que deu o tom de um trabalho sério que beneficia o povo com atendimento digno e eficiente”, frisou.
“Cada inauguração nos dá a sensação de dever cumprido nos nossos principais objetivos, que são receber bem a população e dar condições de trabalho a juízes e servidores”, disse o corregedor geral da Justiça, desembargador Cleones Cunha.
PRÉDIO PRÓPRIO - O Juizado, que antes funcionava dentro do Fórum da comarca, passa a funcionar em prédio vizinho (Rua do Bambu), contando com 20 salas, sendo três de audiência, uma de reunião, duas secretarias; gabinete de juiz; uma sala própria para recebimento das reclamações do público, entre outras.
O Juizado de Santa Inês existe desde 2001, e conta com uma média mensal de 280 novos processos por mês, com um acervo superior a 1800 processos em tramitação.
Compareceram à solenidade de inauguração o juiz Carlos Henrique Velozo, representando a Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA); as juízas de Santa Inês Denise Cysneiro Milhomem (1ª Vara); Larissa Tupinambá (2ª); Kariny Reis (3ª); José Seba, presidente da Câmara Municipal; autoridades e a comunidade locais, servidores e juízes de comarcas próximas.
Após a inauguração, 198 casais do município se uniram em cerimônia de casamento comunitário.
 
Juliana Mendes
Assessoria de Comunicação do TJMA

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais