quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Farsa de Ricardo e Roseana: oposição denuncia fechamento de hospital

Os deputados Rubens Pereira Júnior (PCdoB), Marcelo Tavares (PSB) e Othelino Neto (PCdoB) afirmaram, na sessão desta terça-feira (3), que a governadora Roseana Sarney (PMDB) não irá cumprir a promessa de entregar até o final desse ano os 72 hospitais do Programa Saúde é Vida, visto que até agora somente 26 foram construídos.
oposicionistasPara eles, o Programa Saúde é Vida “é uma farsa”, pois a governadora prometeu 72 hospitais no seu governo, o ano de 2013 já está acabando, e a promessa não chega perto de ser cumprida. Além disso, segundo os parlamentares, ela também teria dito que seriam construídos novos hospitais, totalizando 100. “Isso é uma mentira deslavada”, disse Rubens pereira Júnior, lembrando que o hospital de Jenipapo dos Vieiras, que foi inaugurado recentemente, está fechado, e outros, recém-inaugurados, a exemplos de Matinha, Tufilândia e Lago do Junco estão em sub-funcionamento.
Ele pediu que a Assembleia Legislativa, através da Comissão de Saúde, faça uma inspeção no Hospital de Jenipapo dos Vieiras ainda nesta semana para verificar in loco a situação.“O que nós queremos é que esse programa de saúde funcione na sua totalidade, pois, infelizmente, não cumpriram nem 40% do que prometeram. Infelizmente, os hospitais recém-inaugurados – que trazem uma alegria e uma esperança para a população -, um mês depois são fechados, se caracterizando numa fraude eleitoral”, afirmou Rubens Pereira Júnior.
Marcelo Tavares disse que o programa de Saúde do governo do Maranhão é um engodo, pois nenhum dos hospitais funciona de fato. “Os setenta e tantos hospitais até agora não passaram de um livro editado pela Secretaria de Saúde do Maranhão. O Hospital Carlos Macieira até hoje não tem centro cirúrgico; os pacientes cardíacos das UTI’s estão indo para a fila do Hospital Presidente Dutra”, disse ele, lembrando também do abandono do Hospital Aquiles Lisboa e da difícil localização do Hospital do Servidor.
“Isso é uma vergonha. É muito bom que este governo esteja terminando, muito melhor ainda se a governadora tiver a coragem de enfrentar o povo maranhense nas urnas e decidir renunciar para ser candidata ao Senado, porque aí o governo dela vai ser ainda mais curto e só quem ganha com isso é a população do Maranhão”, continuou.
Ao criticar o programa de Saúde, Othelino Neto afirmou que o governo estadual está utilizando a mão-de-obra dos 250 profissionais do Programa Mais Médicos, do governo federal, como se fosse obra do Maranhão. “O governo gasta milhões e milhões construindo hospital, aí pega o médico do Programa Mais Médicos – que são pagos pelo governo federal – e coloca na propaganda como se fosse obra do governo, sendo inclusive, muito maltratados”, ressaltou o parlamentar, destacando o caso do médico cubano, que estava morando em Monção, que fazia somente uma refeição por dia. “É preciso corrigir esses erros, porque, como sempre, o governo faz festa se utilizando de recursos de programas que não são seus”.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais