quinta-feira, 14 de novembro de 2013

São Luís é a capital nordestina com maior número de portadores de Aids

No ranking nacional, a capital maranhense ocupa o 6º lugar.
Levantamento foi feito no fim do ano passado.

Do G1 MA com informações de O Estado

São Luís ocupa o 1º lugar, com 3.076 casos registrados, entre as capitais nordestinas com o maior número de portadores de Aids, segundo dados coletados pelo Ministério da Saúde no fim do ano passado. No ranking nacional, a capital maranhense ocupa o 6º lugar.
Para combater e alertar a população para a importância da prevenção da doença, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) deu início, nessa quarta-feira (13), à Semana Municipal de Prevenção às DST/Aids, que se estenderá até o dia 10 de dezembro. Na programação, constam atividades de capacitação aos profissionais de saúde, além de ações educativas e preventivas em vários centros de saúde da capital e terminais de integração.
 Além das oficinas de capacitação, serão realizadas ações educativas e de prevenção nos terminais de integração de São Luís, com distribuição de material educativo e informativo, além de preservativos masculinos e femininos.
Uma grande mobilização está programada nos CTAs, no qual serão realizadas testagens de HIV, Sífilis e Hepatites Virais. Estará disponível vacinação contra as hepatites A e B. As Unidades Básicas de Saúde reforçarão, durante todo o período da campanha, a distribuição de camisinhas.
De acordo com o coordenador do Programa Municipal de DST/Aids, Claudean Serra, só a conscientização e a prevenção poderão diminuir os números dos registros de casos de Aids. "Nós precisamos mostrar a importância da prevenção, pois temos dados epidemiológicos que são alarmantes. A prevenção positiva, que abrange não só os pacientes portadores, mas também os não-portadores, é fundamental. Apesar das grandes campanhas, os registros aumentam, pois as pessoas ainda acham que a Aids é uma coisa do outro, e não se enxergam dentro do contexto da importância da prevenção", destacou.

Dia Mundial de Luta contra a Aids

No dia 1º de dezembro, data em que se celebra o Dia Mundial de Luta contra a Aids, será realizada uma grande caminhada na Avenida Litorânea, a partir das 8h. Durante o evento, serão distribuídos preservativos e materiais educativos. "Nós também aproveitaremos a oportunidade para fazer um grande laço humano, em alusão ao símbolo da luta contra a Aids", assinalou Claudean Serra.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais