terça-feira, 22 de outubro de 2013

Dois policiais são assassinados em menos de 24 horas na Região Metropolitana de São Luís

Gildean Farias Publicação: 22/10/2013 07:41 Atualização: 22/10/2013 08:37

 
Mais dois policiais foram assassinados em São Luís, em menos de 24 horas. Na noite desta segunda-feira (21/10), o policial militar identificado por Joerbert Barros Damasceno, de 40 anos, que era lotado na Companhia de Turismo do Centro Histórico (CPTur), foi baleado na frente da sua residência, na Vila Cafeteira, em Paço do Lumiar. De acordo com informações, o policial teria sido baleado ao tentar defender o filho que havia saido baleado.

Joubert Barros Damasceno ainda foi levado pra a Unidade de Pronto Atendimento do Araçagi e depois transferido para o Hospital Clementino Moura (Socorrão II), mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com informações, o filho de Joerbert, identificadon como Jardson, foi socorrido e levado ao Socorrão II, onde permanece internado.

Morte no bar

Já na madrugada de segunda-feira, no Aterro do Bacanga, Ednaldo Batista Diniz, policial militar que também era lotado na Companhia de Turismo (CPTur), foi baleado quando trabalhava como segurança em um bar. Ele ainda chegou a ser levado para um hospital, mas não resistiu.

De acordo com informações do delegado Marco Antônio Fonseca, titutar da Delegacia de Homicídios, a confusão teria sido iniciada quando Ednaldo Batista teria solicitado que uma pessoa frequentadora do bar, retirasse uma motocicleta de um local, onde não era permitido estacionar. O homem teria retirado o veículo, mas algum tempo depois teria voltado ao estacionamento e com mais outras pessoas, teria disparado várias vezes contra o segurança.

Segundo informações de pessoas presentes no bar, ao ver a ação dos homens, outros seguranças do bar reagiram e teriam baleado o homem que atirou contra o policial. Ele foi levado para o hospital, mas morreu ainda no caminho.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais