segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Bomba! Defunto recebe salário no gabinete da desembargadora Nelma Sarney

Por Luís Pablo Judiciário
 
Chamem o CNJ! A desembargadora Nelma Sarney, cunhada do senador José Sarney, mantém em seu gabinete um defunto. Trata-se do empresário Daniel Prado Smith, que foi assassino no mês passado (reveja aqui). O empresário era assessor da desembargadora.
Empresário falecido Daniel Smith lotado no gabinete de Nelma Sarney
Empresário falecido Daniel Smith lotado no gabinete de Nelma Sarney
No Portal da Transparência do Tribunal de Justiça do Maranhão consta que caiu no mês de outubro o salário na conta de Daniel Smith. Em vida, o empresário recebia R$ 14.324,82, sendo R$ 3.267,57 de descontos com INSS, Imposto de Rende e outros, ganhando líquido R$ 11.067,55.
Agora, depois de morto, o salário de Smith ficou R$ 21.034,36 com descontos de apenas 457,49, ficando um total de R$ 20.577,46.
Outro detalhe nisso tudo é que o empresário foi assassinado no começo do mês: tempo suficiente para modificar o nome na folha de pagamento do TJMA.
O mais interessante é que Daniel tem um irmão gêmeo, John Smith – o que não seria difícil para ele receber o salário do irmão na boca do caixa.
É preciso que o Tribunal de Justiça do Maranhão se pronunciei sobre o caso. Do contrário, será alvo de um grande escândalo na imprensa nacional.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais