sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Primeiro dia de greve teve 80% de adesão em São Luís, diz sindicato

Ato público está programado para a manhã desta sexta-feira (20).
SEEB-MA disse que todos os bancos públicos fecharam as portas.

Do G1 MA

Aproximadamente 80% das agências bancárias de São Luís aderiram à paralisação por tempo indeterminado deflagrada na quinta-feira (19), em várias cidades do país. A informação é da assessoria do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários do Maranhão (SEEB-MA).
De acordo com o sindicato, todos os bancos públicos fecharam as portas. A instituição não informou números sobre a adesão em agências privadas, mas disse que o movimento teve aceitação "satisfatória", assim como no interior do Estado.
“O objetivo agora é buscar a adesão dos bancários que não estão participando da greve, para mostrar aos patrões que eles também podem ter perdas. Só assim, eles romperão o silêncio e a intransigência e voltarão a negociar com os trabalhadores. Estamos sempre abertos ao diálogo”, afirmou o presidente do SEEB-MA, José Maria Nascimento.
Programação do 2º dia
Em assembleia realizada na tarde de quinta-feira (19), os bancários decidiram fazer o segundo ato público da paralisação na frente das agências de seis bancos, que ficam lado a lado. Segundo o sindicato, o objetivo seria explicar os motivos da greve para a população e cobrar dos banqueiros e do governo federal a retomada das negociações.
À tarde, nova assembleia está programada para às 17h, na sede do SEEB-MA, com a intenção de definir estratégias para ampliar o movimento em todo o Maranhão.

Primeiro dia de greve na agência do BB na Praça Deodoro, em São Luís (Foto: Flora Dolores/O Estado)Primeiro dia de greve na agência do BB na Praça Deodoro, em São Luís (Foto: Flora Dolores/O Estado)

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais