quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Pesquisa mostra alta rejeição à candidato de Roseana Sarney em São Luís

Obras inacabadas em São José de Ribamar seriam causa de ojeriza à Luis Fernando Silva na capital do Estado.


Atual7

Uma pesquisa do Instituto DataM, publicada com exclusividade no blog do jornalista Marco Aurélio Deça, na manhã desta quarta-feira (25), acabou revelando que o secretário de Estado da Infraestrutura e pré-candidato ao governo estadual pelo Clã Sarney, Luís Fernando Silva, não registra bom desempenho em São Luís, ficando bem abaixo dos outros candidatos ao mesmo cargo em 2014, a deputada estadual Eliziane Gama (PPS) e o presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB).

Luis Fernando Silva e seu ex-vice em Ribamar. Hoje prefeito, Gil Cutrim abandonou obras que já estavam pagas com dinheiro público. Foto: Divulgação / PSJR
COMPARSAS: Luis Fernando Silva e seu ex-vice em Ribamar. Hoje prefeito, Gil Cutrim abandonou obras que já estavam pagas com dinheiro público. Foto: Divulgação / PSJR

De acordo com os números, se as eleições fossem hoje, numa condição de quase empate técnico, Flávio Dino teria 32% dos votos, contra 27,1% de Eliziane Gama.
Já Luis Fernando Silva, embora já tenha administrado São José de Ribamar, município próximo à capital maranhense, registrou míseros 10,4% no levantamento do DataM, que encontrou ainda 25,3% de eleitores que dizem não votar em nenhum deles, e outros 5,2% que não souberam ou não quiseram responder.
A alta rejeição ao ex-prefeito ribamarense pode ser entendida como resposta à recentes denúncias de que obras de sua gestão municipal, embora já pagas com dinheiro dos cofres públicos, não foram concluídas.
No último dia 17, o Atual7 mostrou que Luís Fernando Silva, então prefeito de Ribamar, assinou uma ordem de serviço autorizando a reforma e a ampliação do Estádio Municipal Dário Santos, o ‘Caldeirão do Peixe’, localizado no bairro do Moropóia. Na época, a obra foi orçada em R$ 2.967.012,50.
Cinco anos depois, a empresa ENGEPEC – Engenharia, Gerenciamento, Planejamento de Construção Ltda levou o dinheiro, e a construção permanece inacabada. Já com o comando total do município ribamarense, Gil Cutrim, ex-vice de Luis Fernando e hoje prefeito do município, superfaturou a obra, aumentando o orçamento para mais R$ 2,5 milhões.
A dupla ribamarense fez também com que recursos federais, do Ministério dos Esportes, escoassem pelo ralo.
Segundo pesquisa do Instituto DataM, principal adversário de Luis Fernando tem três vezes mais chances de ser eleito governador do Maranhão. Foto: Reprodução / Blog do Marco Aurélio Déça

Segundo pesquisa do Instituto DataM, principal adversário de Luis Fernando tem três vezes mais chances de ser eleito governador do Maranhão. Foto: Reprodução / Blog do Marco Aurélio Déça
Reportagem do Atual7 mostrou também que uma obra, localizada no bairro do Parque Vitória, abandonada pela gestão de Luis Fernando e Gil Cutrim, está sendo tomada pela ferrugem. De acordo com o Portal da Transparência do Governo Federa, a Praça da Juventude, de iniciativa do presidente da Embratur quando este exercia o mandato de deputado federal, já recebeu R$ 930.150,00 dos R$ 1.462.500,00 que devem ser liberados.
Enquanto o pré-candidato de Roseana Sarney participava ontem da assinatura de uma ordem de serviço, a população de Miritiua permanecia na esperança de um sonho que já torrou milhões dos bolsos do contribuinte.
O que deveria ser a primeira Escola Municipal do Miritiua é hoje o maior ‘elefante branco’ do pré-candidato em Ribamar, segundo os próprios moradores.
A obra, orçada na gestão de Luis Fernando em R$ 2.103.048,86, deveria ser concluída em 11 meses, completou quatro anos de atraso, recebeu mais de R$ 2 milhões agora na gestão de Gil Cutrim, e está longe de ser concluída. Nos bastidores, o secretário de Infraestrutura trabalha para que os atrasos caiam somente na gestão de seu comparsa.
Com a divulgação de novas pesquisas nos próximos dias, só um milagre ou deslocamento imediato do ‘criador’ da ‘criatura’ poderiam fazer com que o candidato do Clã Sarney possa galgar algum crescimento em São Luís, sendo que a segunda opção já estaria sendo articulada pelos marqueteiros do pré-candidato roseanista, segundo apurou a reportagem.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais