quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Bancários entram em greve por tempo indeterminado nesta quinta

Paralisação atingirá bancos públicos e privados.
Movimento pede maior reajuste salarial e melhores condições de trabalho.

Do G1 MA

Bancários maranhenses decidiram aderir à greve nacional da categoria, por tempo indeterminado, a partir desta quinta-feira (19), segundo o Sindicato dos Bancários do Maranhão (SEEB). A paralisação atingirá bancos públicos e privados. A paralisação pede maior reajuste salarial, melhores condições de trabalho e aumento do piso.
Movimento pede maior reajuste salarial e melhores condições de trabalho. (Foto: Zeca Soares/G1)Movimento pede maior reajuste salarial e melhores condições de trabalho. (Foto: Zeca Soares/G1)
Além de reajuste de 22%, os trabalhadores querem avanços nas demais pautas, como: PLR de 25% do lucro líquido distribuídos de forma linear, piso do Dieese (R$ 2.860,21), reposição das perdas salariais, isonomia, contratação de mais bancários, saúde, segurança, respeito à Lei das Filas, dentre outras reivindicações.

Ainda segundo a SEEB, não haverá oferta de pelo menos 30% do efetivo dos funcionários dos bancos, conforme estipulado em lei. “Como não se trata, na nossa visão, de uma atividade essencial, decidimos não manter nem mesmo poucos trabalhadores atuando em algumas agências. Mesmo agindo dessa forma, a categoria não teme que a Justiça decrete a ilegalidade da greve”, afirmou o presidente do SEEB, José Maria Nascimento.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais