sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Tyson volta a desabafar: 'Eu não vou sobreviver se não receber ajuda'

Do UOL, em São Paulo

Mike Tyson

O ex-pugilista Mike Tyson voltou a desabafar sobre a luta travada contra o vício em álcool e drogas. Dias depois de revelar que passou anos mentindo sobre estar sóbrio, Tyson deu nova entrevista, desta vez ao programa de TV norte-americano Today Show.

"Eu não vou sobreviver se não receber ajuda", disse Tyson ao apresentador Matt Lauer, que descreveu o ex-atleta como "sincero, confuso e revelador".
Tyson disse que tem uma sensação de que vai morrer quando tem recaídas. "Eu fico realmente em um ânimo muito ruim, de quem está morrendo. E eu não sei se quero estar perto de mais nada", revelou, antes de garantir que está há 12 dias sem contato com álcool e drogas.

"Eu não sei se eu gosto de ser o cara sóbrio. É difícil para mim ter uma vida normal", desabafou mais uma vez.

Na última semana, Tyson havia dito que estava à beira da morte, e por medo de morrer iria levar uma nova vida. "Eu sou um cara mau. Fiz muitas coisas ruins e eu quero ser perdoado. Pelo meu perdão, e espero que me perdoem, eu quero mudar a minha vida. Quero viver uma vida diferente agora. Quero me manter sóbrio, eu não quero morrer. Estou à beira da morte, porque sou alcoólatra", disse.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais