quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Roberto Gurgel pede a cassação de Roseana Sarney

O Procurador Geral da República, Roberto Gurgel, pediu, na tarde desta quarta (07), a cassação da governadora Roseana Sarney (PMDB) por abuso de poder político no uso de convênios às vésperas das eleições de 2010.
A governadora do Maranhão é acusada de celebrar 979 convênios com municípios, totalizando mais de R$ 393 milhões em apenas três dias, caracterizando, segundo o Ministério Público, abuso de poder político.
Os convênios foram celebrados nos dias 22, 23 e 24 de junho, sendo este último o dia da convenção do PMDB que homologou a candidatura de Roseana Sarney.
“Essa ação tinha um objetivo claro e imediato: interferir no processo eleitoral em curso e beneficiar as candidaturas dos recorridos,” disse Roberto Gurgel no parecer.
A denúncia que originou o processo de cassação foi feita pelo ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) e então candidato ao Senado pela coligação Muda Maranhão. Assinam a petição os advogados Rodrigo Lago e Rubens Pereira Júnior.


Do Blog do Neto Ferreira

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais