quarta-feira, 3 de julho de 2013

Polícia de Santa Inês prende homem envolvido no esquartejamento de jovem que cometeu crime na zona Rural do município de Pio XII

Após uma briga, Otávio teria esfaqueado Josemir, que não resistiu e morreu. Populares amarraram-no em uma estaca e três elementos o esquartejaram e deceparam-lhe a cabeça que foi pendurada em pau

Luis Moraes Souza foi preso ontem e é considerado o mentor do crime que chocou a região. “Pirolo” e “Chiquinho” esquartejaram  com foice o corpo do árbitro  e são procurados pela polícia  

A Polícia Civil de Santa Inês conseguiu prender no início da tarde de ontem, terça-feira (02), um dos envolvidos na carnificina que foi vítima um árbitro de futebol cujo  crime bárbaro ocorreu no domingo, 30, após uma briga em um campo no Povoado Centro do Meio no município de  Pio XII.
Após um trabalho ininterrupto desde o crime, policiais civis, comandados pelo Delegado Regional de Santa Inês, Valter Costa, conseguiram prender Luis Moraes Souza, 27 anos, na cidade de Lago Açu.Ele é um dos envolvidos diretamente no estarrecedor fato criminoso registrado no domingo. A prisão dele aconteceu por volta de meio dia, após investigações minuciosas de policiais que conseguiram checar o paradeiro de Luis Moraes. Outros elementos que participaram do crime estão sendo procurados pela polícia, um tem o nome de Francisco mas é conhecido pelo apelido de  “Chiquinho”. O outro é conhecido pelo apelido de “Pirolo”, sendo que ambos residem em Pio XII.  Já na delegacia, Luis contou detalhes de como aconteceram os crimes de domingo.
 
OS FATOS
 
O primeiro crime aconteceu dentro de um campo de futebol. Depois de ser expulso de uma partida o jogador Josemir Santos Abreu, de 31 anos, discutiu com o juiz Otávio Jordão da Silva Cantanhede, de 20 anos e ainda teria dado o chute no árbitro. Ao se levantar, Otávio teria retirado uma faca (peixeira) da cintura e acabou esfaqueando o peito de Josemir. O jogador não resistiu ao ferimento e morreu a caminho do hospital. Josemir era funcionário dos correios em Pio XII.
 
O FIM TRÁGICO DO ÁRBITRO
 
Segundo o que ficou apurado, populares inconformados com a morte de Josemir,    seguraram Otávio e o amarraram, momento em que Luis Moraes, de posse  de um pedaço de pau, efetuou os primeiros golpes na cabeça de Otávio. “Pirolo” e “Chiquinho” usaram de pedras e uma foice para esquartejar o corpo do árbitro. A cabeça de Otávio foi decepada e pendurada em cima de uma estaca numa cerca de arame farpado, o resto do corpo ficou ao solo.
Após o ato brutal, o trio fugiu do local. "Relatos de testemunhas já indicaram algumas pessoas que estavam no local na hora do fato. Identificamos Luis Moraes como o mentor do crime e ele já tem passagem pela polícia. ‘Chiquinho’ e “Pirolo” ajudaram a esquartejar a vítima, já temos pistas dos dois e vamos prendê-los também e responsabilizar todos envolvidos. Um crime nunca vai justificar o outro. Ações como essa não colaboram com a legalidade de um estado de direito”, comentou o delegado Valter Costa que ainda pediu para quem souber o paradeiro de “Pirolo” ou “Chiquinho”, ligar para o numero (98) 36536551. A identidade será preservada.
 
 Corpo de Otávio Jordão da Silva
 

1 comentários:

  1. BAndo de gentinha selvagem e burra, vcs merecem viver na miseria seus demônios sem cultura e inteligência. Depois ainda dizem que temem a Deus.

    ResponderExcluir

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais