segunda-feira, 22 de julho de 2013

'Estou tremendo até agora', diz mãe de criança beijada pelo papa

DIANA BRITO
DO RIO
Papa no Brasil O papa Francisco parou por alguns instantes o papamóvel na esquina das ruas Araújo Porto Alegre com México, no final da tarde desta segunda-feira, para beijar e abraçar uma menina de um ano e oito meses.
Seguranças ajudaram a levar a criança até o pontífice. "Fiquei muito emocionada. A gente está tremendo até agora", disse chorando a mãe da menina Izadora, Thaís Ramos, 26.
Peregrinos que acompanhavam a passagem do papa, quiseram tocar e fotografar a criança para guardar de recordação. 

 
"Esse gesto dele simboliza a renovação da igreja. Valeu muito a pena esperar para ver essa cena linda", afirmou Maria Ilza Guedes, 46, previdenciária.
O pontífice esteve bem próximo aos peregrinos no percurso de sua chegada ao Rio de Janeiro. Usou um carro comum para fazer boa parte do trajeto e permaneceu com o vidro aberto.
Os seguranças tiveram trabalho para conter o assédio dos peregrinos, que se aglomeraram diversas vezes, em especial, na parte em que o carro com o pontífice ficou bloqueado em meio a uma fila de ônibus.
Ao menos outras duas crianças também receberam um beijo do papa ao longo do trajeto, que terminou na sede do governo do Rio, com uma bênção ao povo brasileiro.
"Cristo bota fé nos jovens e confia-lhes o futuro e sua própria casa. E também os jovens botam fé em cristo", afirmou o pontífice, em discurso.

Danilo Verpa/Folhapress
A jovem Thaís Ramos,26, com sua filha Izadora, de um ano e oito meses, que foi beijada pelo papa
A jovem Thaís Ramos, 26, com sua filha Izadora, de um ano e oito meses, que foi beijada pelo papa

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais