quinta-feira, 16 de maio de 2013

Bacabal vence MAC e abre vantagem nas semifinais

Com a vitória no Correão, o Leão do Mearim se aproxima das finais do returno do Maranhense.
Gustavo Arruda / Imirante

BACABAL – No primeiro confronto das semifinais do returno do Campeonato Maranhense, o Bacabal fez valer a força do estádio Correão e venceu o Maranhão Atlético por 2 a 0, na noite desta quinta-feira (16). Os gols do Leão do Mearim foram marcados por Cris e Erlon.
A vitória em casa permitiu ao BEC reverter a vantagem que era do Maranhão, que teve melhor campanha na fase classificatória. Com o resultado, a equipe azulina pode até perder por um gol de diferença no jogo da volta que garante a vaga para a decisão do segundo turno. Já o MAC precisa de uma vitória por dois gols de diferença para se classificar para a final. A partida de volta será realizada neste domingo (17), no estádio Nhozinho Santos.

O jogo

O confronto no Correão começou com o domínio do jogo pelo Maranhão Atlético, que teve maior posse de bola, enquanto o Bacabal buscava, aos poucos, se organizar. A primeira chance de jogo foi do MAC, com Otávio finalizando de longe, aos 15 minutos. Dois minutos depois, o Quadricolor voltou a incomodar, com Casagrande tentando e esbarrando na zaga e Raimundinho pegando a sobra, mas chutando para fora.
O tempo passou, mas a pressão do MAC seguiu diante de um Bacabal tímido em campo. Aos 21 minutos, foi a vez de Jackson, em cobrança de falta, obrigar Pablo a fazer grande defesa. Na cobrança de escanteio, a defesa azulina afastou o perigo.
Na metade final da primeira etapa, o BEC começou a se soltar e a ir ao ataque, aproveitando o equilíbrio cedido pelo Maranhão Atlético. Aos 35 minutos, Cris teve a primeira oportunidade do Leão, mas Flaubert evitou o gol. Já nos acréscimos, aos 46 minutos, o Bacabal mostrou a sua força e abriu o marcador no Correão: após jogada pela direita, Cris chutou forte e anotou o primeiro gol do jogo. O BEC se animou e ainda teve a chance de ampliar o placar, mas Erlon perdeu uma boa chance no minuto seguinte.

Do susto a alegria, BEC mata o jogo

Com a pressão no fim do primeiro tempo por parte do Bacabal, o técnico Vinícius Saldanha realizou, já na volta do intervalo, duas alterações: Elton e Zé Maria entraram no lugar de Otávio e Jackson, buscando deixar a sua equipe mais ofensiva. E Zé Maria foi, de longe, o destaque quadricolor nos primeiros minutos do segundo tempo, incomodando a defesa do Leão.
Enquanto a partida ganhava em equilíbrio e emoção, torcedores e jogadores tiveram um grande susto: o lateral Carlinhos, após um lance de jogo, caiu desacordado no gramado. Após uma demora de cinco minutos até a entrada da ambulância, o jogador foi levado a um hospital. Após a retirada do jogador e o reinício do confronto, o Bacabal foi ao ataque e tratou logo de dar uma alegria à torcida: aos 18 minutos, Erlon recebeu a bola e fez o segundo gol do Leão do Mearim.
A desvantagem no placar resultou em nova mudança no MAC, com Robson Belfort no lugar de Leomar. Entretanto, o Quadricolor pouco ameaçou o gol do BEC, que ameaçava nos contragolpes e nos lances de bola parada. E foi em um deles que o Leão quase ampliou o placar: aos 36 minutos, Anderson cobrou falta, mas a bola bateu no travessão. Francisco Júnior ainda tentou assustar, aos 40 minutos, mas Pablo evitou o gol de honra do Maranhão Atlético. Sem novas alterações no marcador, restou aos torcedores do BEC celebrar a vitória e a vantagem.

3 comentários:

  1. Caro amigo JR, corrigindo a sua informação.
    A ambulância nem se quer esboçou entrar em campo.
    Nós que estávamos na arquibancada torcendo pelo BEC, ficamos preocupados, pois a demora e deu de 10 a 15 min para tirarem ele de campo e a ambulância ficou no mesmo lugar.

    ResponderExcluir
  2. eu não entendi porque o meia ideilson não entrou na partida? ideilson tem que jogar como titular, é o nosso melhor meia.

    ResponderExcluir
  3. Neto venho ate vc para denunciar um absurdo que aconteceu aqui na cidade de Bacabal a secretaria de assistencia social na sexta feira organizou uma marcha contra a violencia sexual com as crianças foi tão organizada que juntou as crianças da escola 17 de abril todas no sol uente nem água tinha so e o pior uma criança foi atropelada pois estavam todos desde as 07:00 da manhã esperando e nada de começar ja era as 09:00 da manhã e as crianças no sol uente e no meio da rua e os organizadores nem ai, uma criança atropelada foi as pressas para o hospital com uma fratura na perna e ate agora nem visita recebeu de alguem da secretaria ou da prefeitura.Hj a mãe esta muito revoltada p o filho saiu pra escola sadio e voltou acidentado e sem recurso para trata-lo.O fato foi abafado p se trata da secretaria da primeira dama da cidade ue no momento do ocorrido nem estava participando, estava sua adjunta Karime Branco que nem ligou para a criança acidentada deitada no meio da rua no sol quente, apure esse fato e denuncie Bacabal esta ferrado, tudo desorganizado

    ResponderExcluir

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais