terça-feira, 30 de abril de 2013

Polícia de Codó prende supeitos de empréstimo fraudulento de Bacabal

Delegado RÔmulo  Delegado RÔmulo

O delegado Rômulo Vasconcelos e equipe prenderam por volta das 13h desta terça-feira (30), no centro da cidade de Codó, o bacabalense ADRIANO FIRMICIANO ALVES, de 23 anos, e a idosa Maria das Graças Pereira, de 61 anos, moradora do povoado Aldeia do Aldir, zona rural de Bacabal.
Os policiais codoenses foram avisados da presença deles e resolveram aguardar o cometimento do crime.
“Na verdade, nós tomamos conhecimento que tinha um estelionatário da cidade de Bacabal aqui em Codó fazendo um saque, passaram a placa do carro pra gente, montamos campana desde o meio dia quando ele entrou na cidade, era uma senhora, uma moça que vinha com ele e o Adriano, que é o estelionatário, depois de fazer o saque de R$ 5.700 nós fizemos a abordagem fora do banco já com o dinheiro na mão e fizemos a prisão dele”, explicou Vasconcelos

COMO FUNCIONA
prova do saque
                                                                       prova do saque

Com eles foram apreendidos os R$ 5.700 sacados do banco Itaú/Codó. Também havia uma Carteira de Identidade com a fotografia de Maria das Graças Pereira (idosa presa), mas com o nome de Raimunda de Sousa Timóteo, em nome de quem fora feito o empréstimo fraudulento.
“Eles dão, R$ 100 à R$ 200 pra essa pessoa idosa pra fazer o saque, com uso de documento falso e procuração falsa de pessoas mortas ou vivas, dependendo do caso. Se a pessoa tiver viva, é o famoso empréstimo fraudulento, quando a pessoa se espanta ver que foi feito empréstimo em sua conta, se a pessoa tá morta, claro, nem vai saber”, explicou o delegado
Adriano e dona Maria das Graças Pereira serão indiciados por estelionato,  uso e falsificação  de documento público .  

Do Blog do Acélio Trindade

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais