segunda-feira, 1 de abril de 2013

Dois detentos são encontrados mortos no Presídio São Luís II

Imirante, com informações da Sejap

SÃO LUÍS - Os detentos Marcos Aurélio da Silva, de 42 anos, e Durval Oliveira Rodrigues, de 35 anos, foram encontrados mortos, na tarde desta segunda-feira (1º), do Presídio São Luís II, em Pedrinhas.
Os corpos das vítimas foram achados por agentes penitenciários da unidade e as circunstâncias das mortes estão sendo averiguadas.
De acordo com as primeiras informações, as vítimas teriam sido atingidas por várias chuçadas. Marco Aurélio, que é natural do Distrito Federal, e Durval Oliveira, que é do estado do Pará, estavam presos por tráfico de drogas. Durval respondia, também, pelo crime de corrupção ativa.
Em nota divulgada à imprensa, a Secretaria de Estado de Justiça e de Administração Penitenciária (Sejap) informou que um inquérito foi aberto para total investigação do caso. Leia a íntegra da nota abaixo.
A Secretaria de Estado de Justiça e de Administração Penitenciária (Sejap) informa que os detentos Marcos Aurélio da Silva, de 42 anos, e Durval Oliveira Rodrigues, de 35, internos do Presídio São Luís II, foram encontrados mortos na tarde desta segunda-feira (1º).
Os corpos das vítimas foram achados por agentes penitenciários da unidade e as circunstâncias das mortes estão sendo averiguadas. Segundo o secretário-adjunto de Estabelecimentos Penais, Fredson Maciel, a perícia foi imediatamente acionada e um inquérito foi aberto para total investigação do caso.
De acordo com as primeiras informações, as vítimas teriam sido atingidas por várias chuçadas. Marco Aurélio, que é natural do Distrito Federal, e Durval Oliveira, que é do estado do Pará, estavam presos por tráfico de drogas. Durval respondia, também, pelo crime de corrupção ativa.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites Mais